LEIA EM

Santos

Em assembleia histórica, servidores de Santos decidiram por aclamação manter a greve. Tribunal de Justiça concedeu uma liminar ao Poder Público que determina ao Sindicato dos Servidores Municipais (Sindserv) que mantenha 80% dos servidores da Cidade no atendimento em creches, Saúde, Educação e Assistência Social. O Sindicato ainda não foi notificado.

A proposta apresentada pela Prefeitura de Santos, considerada um insulto à categoria, foi de abono salarial de 5,35% referente ao índice da inflação, que seria incorporado ao salário apenas em dezembro.

O presidente do Sindserv destacou que a greve continua até quinta-feira, quando a proposta será levada em assembleia para aprovação ou rejeição. A reunião será realizada no Associação Atlética dos Portuários de Santos, às 19 horas.

Os 11 primeiros integrantes do Conselho Municipal de Cultura (Concult), representando diversos segmentos das áreas artísticas da sociedade civil, foram eleitos neste sábado, no Teatro Guarany.

A greve dos servidores municipais de Santos entra no seu oitavo dia útil nesta segunda-feira. A Prefeitura da Cidade continua tratando o movimento dos trabalhadores em alguns setores como uma “adesão inexpressiva”, apesar da adesão ao movimento crescer a cada dia.

A greve dos servidores municipais de Santos prossegue e o estrago na classe política da Cidade está feito. Prefeito, vereadores, deputados estaduais e federais estão chamuscados e desmoralizados diante dos trabalhadores e da população santista. Publicamente, apenas Telma de Souza e Chico do Settaport apoiam o movimento. Os outros 19 vereadores continuam ao lado do prefeito santista e de costas para os servidores.

A greve dos servidores de Santos, no litoral de São Paulo, completa oito dias nesta quinta-feira (16). Os funcionários se concentraram na Praça Mauá, no Centro de Santos. A paralisação dos serviços é por tempo indeterminado e é coordenada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santos (Sindserv) por conta da falta de reajuste salarial. A prefeitura de Santos ainda não apresentou nenhuma proposta.

O proprietário participa de competições de mountain bike e corridas de aventura, e já obteve bons resultados em alguns circuitos. Ele viajaria nesta sexta-feira para Ubatuba, no litoral paulista, onde participaria da primeira etapa do Haka Race. O furto, no entanto, frustrou seus planos.

Um ato pacífico dos trabalhadores portuários de Santos em apoio ao movimento nacional contra as reformas trabalhista e da Previdência, na manhã desta quarta-feira (15), em frente ao Terminal da Brasil Terminal Portuário, na Alemoa, foi violentamente interrompido pela Polícia Militar com bombas de gás lacrimogêneo e cassetetes. Veja o vídeo.

No terceiro dia de greve, Servidores de Santos (SP) lotam manifestação, são aclamados pela população e tem adesão cada vez maior.