LEIA EM

Santos

Duas gestantes apontam práticas do tipo esquecimento de gaze dentro do corpo, além de bebê com clavícula fraturada e mulher liberada mesmo em trabalho de parto.

Falta de segurança, de limpeza, ausência de funcionários, vazamentos, infiltrações e diminuição de verba são algumas das dificuldades relatas por um grupo de servidores que trabalha no equipamento.

Redução no horário de atendimento à população na unidade da Ponta da Praia é em consequência da falta de pessoal e se estende aos feriados e finais se semana.

Teste para escolher participantes do filme Ana será realizado no próximo sábado e a produção abordará questões como racismo, autoaceitação e os problemas com refugiados.

Mulher que sofre de problemas psicológicos coloca fogo na própria casa depois de discutir com vizinhos na Zona Noroeste

Encontro será na próxima quarta-feira, na Câmara Municipal, e tem por objetivo levantar informações precisas que permitam um diagnóstico da vulnerabilidade social das comunidades da região.

Chamada pública do Instituto Procomum contemplou 13 projetos para a promoção dos bens comuns na Baixada Santista. Encerramento será na quinta-feira, no Teatro Guarany, a partir das 18h30. Gratuito. Da Redação Uma trituradora de galhos, movida a pedal, que ganhou o divertido nome de Papa-Galhos e ajuda o pessoal da

A presidente da União nacional dos Estudantes (UNE) e ex-candidata a prefeito de Santos, Carina Vitral, comenta sobre os cem primeiros dias do segundo governo do prefeito Paulo Alexandre Barbosa. Por Carina Vitral (*) Nos primeiros 100 dias de gestão do prefeito Paulo Alexandre Barbosa pode-se observar nitidamente uma clara

Os jornalistas presentes à assembleia geral desta terça-feira, 25 de abril, manifestam seu repúdio à demissão do jornalista Glauco Braga, diretor regional na Baixada Santista do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, ocorrida em 24 de abril. A demissão é uma ação antissindical do jornal A Tribuna,

De acordo com Benedicto Júnior, o pagamento foi feito para ‘Benzedor’, codinome dado ao deputado Papa, ex-prefeito de Santos (2005-2012) e que foi superintendente da Sabesp entre 1991 e 1995 e diretor da estatal entre 2013 e 2014. À época do repasse, ele concorria a uma cadeira na Câmara. Segundo BJ, como Benedicto Júnior é conhecido, os pagamentos foram feitos “de forma ilícita, sob pretexto de campanha eleitoral”.