LEIA EM

Política

Engrossa a fila de vereadores de Santos que pede explicações ao prefeito tucano Paulo Alexandre Barbosa sobre as contratações de mulheres de secretários. Prefeitura alega que nomeações são legais. Vereador diz que vai muda a lei: “É legal, mas é imoral”.

Os monitores do Integra (Centro de Referência de Pessoas com Deficiência), de São José dos Campos, que não recebem os seus salários desde o início da gestão do prefeito tucano Felício Ramuth, em janeiro, resolveram entrar em greve e divulgam um manifesto à população.

Terra da Uva? Isso pode mudar. A diretoria de Patrimônio Cultural da prefeitura tucana de Jundiaí quer que a cidade seja a Terra da Coxinha de Queijo.

Bloco Eureca vai para as ruas, no dia 24, com faixas e cartazes contra decisão da Prefeitura.

A vereadora e ex-prefeita de Santos, Telma de Souza (PT), irá a plenário hoje falar sobre as denúncias de nepotismo na prefeitura. Ela vai pedir todas as explicações a respeito do caso, incluindo ai as folhas de ponto das esposas e confrontar as capacidades técnicas com os respectivos cargos.

Pelo menos quatro mulheres de autoridades municipais de Santos, incluindo secretários, foram nomeadas em cargos públicos pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB). A prática é ilegal (veja detalhes abaixo).

Thainara Faria (PT) é a primeira mulher negra na Câmara dos Vereadores da cidade Por Revista Fórum Eleita pela primeira vez, Thainara Faria (PT) chegou à Câmara dos Vereadores de Araraquara, no interior de São Paulo, surpreendendo os colegas. No último mês, ela pediu a palavra e questionou o costume

Neste domingo (30), eleitores de 13 municípios do Estado de São Paulo foram às urnas votar no segundo turno das eleições para prefeito. Veja os resultados e os números de votos válidos, brancos, nulos e abstenções. Os dados são do Tribunal Superior eleitoral (TSE).

Marcada para sábado, convenção do grupo Somos Todos Osasco deve confirmar o nome do prefeito na disputa por um novo mandato