Home»REGIÃO»Baixada Santista»Espetáculo musical faz referência a LGBTs em Santos

Espetáculo musical faz referência a LGBTs em Santos

Cantor Silvino, 25 anos, sobe ao palco do Teatro Guarany, para apresentar o show ‘Nosso Amor, Nosso Canto’, trazendo canções autorais e que marcaram época.

Da Redação*

O Teatro Guarany, em Santos, no litoral de São Paulo, abrirá as portas para a diversidade e a música nesta sexta-feira (21-7), quando o cantor Silvino, 25 anos, realizará o show ‘Nosso Amor, Nosso Canto’. O espetáculo traz um experimento poético-musical, que aborda os amores e as angústias de lésbicas, gays, bissexuais e trans, em canções que marcaram época, de 1930 até hoje. Recentemente, o artista lançou o EP Húmus, onde em canções autorais reflete sobre a vivência com o vírus HIV e o preconceito.

‘Em Nosso Amor, Nosso Canto’, Silvino encarna o papel de fio condutor entre canções e poemas, acompanhado de uma banda que é referência no cenário musical da Baixada Santista. No piano estará Theo Cancello, que também é o diretor musical do espetáculo; no baixo, Dama Santos; na percussão, Felipe Romano; na bateria, Pinguim Ruas; e, nas guitarras, João Romualdo. Além das músicas autorais, o espetáculo trará clássicos de Noel Rosa, Carmen Miranda, Nora Ney e composições de Chico Buarque, Caetano Veloso e Milton ­Nascimento.

O pianista Theo Cancello, que assina a direção musical do espetáculo, conta que o show é formado por dinâmicas fortes, que vão do silêncio ao esporro. “A preocupação é sempre levar a mensagem aos corações e a conscientização. Elementos eletrônicos, ruídos e timbres incômodos fazem-se presentes na intenção de fortificar o grito contra o preconceito”, resume. O figurino do show é assinado pelo estilista curitibano Alexandre Linhares, da H-AL. Ele foi o responsável pelo figurino usado por Elza Soares em sua premiadíssima turnê A Mulher do Fim do Mundo. Uma saia foi construída através de uma performance.

Compositor com dezenas de letras guardadas e cursando música, o artista decidiu cantar para o mundo quando descobriu o vírus HIV, um dia após completar 24 anos. “Isso me deu uma sensação de que fazer o que eu queria e ser feliz era urgente. Não podia esperar mais”, afirmou o cantor. Sua primeira música, Olhos Amarelos, superou a marca de 200 mil exibições na fanpage do artista. Cantando por liberdade e aceitação, o clipe chegou aos olhos da cantora Elza Soares, sendo elogiado e compartilhado na fanpage da Mulher do Fim do Mundo.

‘Nosso Amor, Nosso Canto’ será apresentado nesta sexta (21-7), às 21 horas, no Teatro Guarany, que fica na Praça dos Andradas, 100, Centro, Santos. Os ingressos custam R$ 40 e R$ 20 meia e estão à venda no Casa Velha (Boulevard da Othon Feliciano, 10, no Gonzaga, Santos). A entrada também poderá ser comprada uma hora antes do início do espetáculo, na bilheteria do teatro.

*Com informações do Diário do Litoral

Foto: Commons

Comentários

Comentários

Bicheiro mantinha 'mini-zoológico' em Santos

Próximo

This is the most recent story.