Home»REGIÃO»Baixada Santista»Cubatão investiga mortes em unidades de saúde

Cubatão investiga mortes em unidades de saúde

De acordo com denúncia, em apenas 13 dias, oito pacientes morreram nas dependências da UPA do Casqueiro à espera de vagas em hospitais.

Da Redação*

A Prefeitura de Cubatão, atendendo solicitação de vereadores e integrantes do Conselho Municipal de Saúde, investiga oito mortes, em apenas 13 dias, de moradores da cidade – entre eles crianças – internados na UPA do Jardim Casqueiro, enquanto aguardavam vagas para atendimento em hospitais da região. Por iniciativa de Rafael Tucla (PT), uma Comissão Especial de Vereadores (CEV) começa a levantar essa situação, tornada pública por funcionário da unidade de pronto atendimento, a partir da morte de uma criança, de três anos, internada na UPA com um quadro inicial de infecção.

A doença evoluiu para uma infecção generalizada durante a internação, exigindo a transferência para um hospital. Apesar do esforço da Secretaria Municipal de Saúde e da interferência de vereadores, quando a vaga foi conseguida pela Central de Regulação de Oferta de Serviços em Saúde (Cross), a criança já tinha falecido, no último dia 9-7.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, responsável pela Cross, para dar andamento às investigações sobre as mortes, “é necessário que a prefeitura ou o Conselho de Saúde de Cubatão levantem a identidade desses pacientes, que teriam morrido à espera de vagas hospitalares e indiquem o andamento dos pedidos”. A assessoria do vereador Tucla disse que ele já protocolou na Prefeitura os pedidos dessas informações e também sobre denúncias de que a UPA não estaria com estoques completos de medicamentos.

A Secretaria Municipal de Saúde já começou a analisar a causa das oito mortes e a relação com a eventual falta de vagas na rede hospitalar. Os prontuários desses pacientes estão sendo encaminhados à Comissão de Assuntos Materno-Infantis da pasta. Também está sendo formado um grupo de trabalho especial que cuidará dos pacientes adultos.

Segundo a secretária de Saúde, Sandra Furquim, “não há um prazo para a conclusão das sindicâncias, pois envolvem contatos com familiares para esclarecimentos, entre outros procedimentos”. O presidente do Conselho de Saúde, Alessandro Donizettti, também aguarda por respostas sobre os óbitos. “Além da necessidade de investigar a razão dessas mortes, os conselheiros estão preocupados com o agravamento do quadro de Saúde na Cidade, como consequência do fechamento do Hospital Municipal em fevereiro último”.

Risco

O Conselho de Saúde de Cubatão também teme o encerramento, nos próximos dois meses, de contratos com empresas que mantêm serviços médicos e de enfermagem na UPA do Jardim Casqueiro, Pronto-Socorro (PS) Central (que não conta mais com serviços de lavanderia de lençóis), de setores dos programas de Vigilância Sanitária (que vinha sendo realizado pelo Isama) e do Programa de Saúde da Família.

A Secretaria de Saúde de Cubatão garante que não descuidou dos contratos de serviços nas unidades municipais. No caso do Pronto-Socorro (PS) Central, aguardava a sessão extraordinária da Câmara, amanhã, para aprovar solicitação de mudanças no PS. O novo contrato não exigirá da futura Organização Social (OS) apenas o fornecimento de médicos. Incluirá serviços de lavanderia, que antes estavam ligados aos do hospital. A partir dessa mudança legal, será possível fazer o novo chamamento público para definir a nova gestora. “Algumas situações parecidas ocorreram afetando outros contratos, como o emprego de fisioterapeutas no antigo Programa de Saúde da Família (PSF)”.

Segundo a pasta, entre o final desta semana e início da próxima deverão ser divulgados novos chamamentos públicos para contratar serviços nessas áreas. “A Secretaria da Saúde apenas aguarda o parecer jurídico de conformidade”. Os chamamentos compreendem a gestão da UPA, Vigilância à Saúde, Divisão de Vigilância Sanitária, Atenção à Saúde (que engloba o antigo PSF e algumas ações ambulatoriais). Já as chamadas relativas ao Hospital e ao PS devem ser divulgada no início da próxima semana, pois estão passando por análise jurídica.

*Com informações de A Tribuna

Foto: Prefeitura de Cubatão

Comentários

Comentários

Mauricio de Sousa é atração de 1º Festival Geek de Santos

Próximo

This is the most recent story.