Home»REGIÃO»Baixada Santista»Brinquedo provoca briga entre mulheres e caso viraliza

Brinquedo provoca briga entre mulheres e caso viraliza

Mãe menino de 7 anos discutiu com uma universitária, que não permitiu que o filho dela brincasse com seus bonecos de coleção da Marvel: “Te jogo pela janela”.

Da Redação*

Um boneco avaliado em mais de R$ 300,00 foi o pivô de uma briga entre duas mulheres em Santos,  no litoral de São Paulo. Uma delas é a mãe de um menino de 7 anos, que foi proibido de brincar com o objeto eu faz parte de uma coleção, e não concordou com a decisão. A discussão ocorreu por meio de um aplicativo de celular e viralizou na internet.

A universitária Natália Freitas, de 28 anos, é a dona do boneco do personagem Gavião Arqueiro, integrante do grupo Os Vingadores, do universo Marvel. Ela mora com a tia em uma casa no bairro Vila Belmiro. Na última semana, as duas receberam a vista de uma conhecida, que levou o filho até a casa delas. Depois de saírem do local, aparentemente sem nenhum problema, a jovem recebeu uma mensagem.

A mãe do garoto queria saber o motivo de Natália não ter permitido que o menino brincasse com um boneco que ele havia encontrado ao entrar no quarto da jovem. “Olha, as peças que eu tenho são colecionáveis, não brinquedos. São extremamente frágeis e muito caros, não são feitos para brincar”, justificou.

A mulher, que é amiga da tia, falou que o menino não entendeu. “Ele veio chorando para casa, você sabia? É um absurdo você ter brinquedos em casa e não deixar nenhuma criança brincar”, retrucou. A jovem explicou que os bonecos estavam no quarto dela, e que ali não era uma área social da casa para poder ser explorada.

A mãe insistiu: “Mas ele é uma criança, e se ele ficar doente? Você é muito egoísta”. Natália respondeu e disse que os dois foram até a casa dela sem serem convidados, e que a mulher não consegue controlar o filho. “Se encostar em coisa minha e quebrar, você vai pagar outro e mais pelo estresse”, rebateu.

A mãe do menino retrucou, afirmando que falaria com a tia da jovem para que, em uma próxima visita, ele possa brincar com os bonecos. “Não vou ver meu filho chorando por causa de adulto imbecil que tem brinquedo de criança e fica sendo egoísta”, escreveu. “Tenta a sorte, que voam vocês dois pela janela”, respondeu Natália.

Repercussão

Natália disse estar surpresa com toda a repercussão do caso na internet. Após a discussão, e ainda sem acreditar, a conversa foi compartilhada por ela em um grupo de amigos no WhatsApp, e acabou publicada no Facebook sem que soubesse. O caso viralizou e houve quem defendesse os dois lados.

“Minha raiva é da mãe, não do moleque. Ela foi folgada, sim, e eu fui um pouco grossa, deveria ter sido mais. […] Estou na minha casa, com as minhas coisas. Não vai mexer e acabou. Eu vou explicar numa boa para a criança (como fiz, ele pediu e eu expliquei o porquê). Não é brinquedo”, desabafou.

A universitária contou que coleciona itens da Marvel desde 2015. Além do boneco pivô da briga, ela disse ter outros 13, que também chamaram a atenção do menino durante a visita. “Todos dentro da caixa”, afirmou. “A maioria não é muito cara. Mas já vi alguns de até R$ 5 mil”, contou, ao afirmar que quer aumentar a coleção.

Natália garante que não guarda ressentimentos, mas que vai trancar o quarto dela em futuras visitas, para evitar outras situações semelhantes. A universitária disse não saber se a tia, com quem mora, soube da discussão que repercutiu na web.

*Com informações do G1

Foto: Reprodução

 

Comentários

Comentários

Greve atinge trabalhadores do transporte urbano de Cubatão

Mauricio de Sousa é atração de 1º Festival Geek de Santos