Home»REGIÃO»Baixada Santista»Papa é o mais novo tucano a bater asas e abandonar Temer

Papa é o mais novo tucano a bater asas e abandonar Temer

Cada vez mais desacreditado, o atual presidente perde mais dois votos de deputados do PSDB, que se mostraram favoráveis à investigação contra ele. Um deles é do ex-prefeito de Santos, João Paulo Papa.

Da Redação*

Ao que tudo indica, os tucanos vão mesmo bater asas e deixar o barco de Michel Temer afundar sozinho. Cada vez mais o PSDB dá mostras de que seus integrantes da Câmara Federal estão se descolando do governo. Até o momento, já são 21 deputados do partido que são declaradamente favoráveis às investigações contra Temer, de uma bancada de 46 deputados. Outros 10 são contra, enquanto 15 se disseram indecisos ou não responderam; os mais recentes deputados tucanos a se declararem a favor da denúncia foram o santista João Paulo Tavares Papa (PSDB-SP), ex -prefeito de Santos, no litoral de São Paulo, e Pedro Vilela (PSDB-AL). Os números foram levantados por uma enquete realizada pelo jornal O Globo.

Nas últimas semanas, tem se intensificado a pressão pelo desembarque do governo por parte de uma ala tucana, composta principalmente pelos chamados “cabeças pretas” e por alguns caciques do partido, como os senadores Tasso Jereissati (CE) e Cássio Cunha Lima (PB). O PSDB votou, majoritariamente, contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), dando cinco votos a favor da denúncia, e apenas dois contra.

Depois da votação na CCJ, integrantes do Centrão passaram a cobrar, de forma enfática, que os quatro ministérios hoje ocupados pelo PSDB sejam redistribuídos àqueles partidos que demonstraram fidelidade na comissão. Entretanto, o governo já sinalizou que pretende manter os tucanos nos cargos, ao menos até a votação da denúncia no plenário da Câmara, prevista para o dia 2 de agosto.

*Com informações de O Globo e do 247

Foto:  Commons

 

Comentários

Comentários

Baixada Santista fecha 7,6 mil vagas de emprego

Próximo

This is the most recent story.