Home»REGIÃO»Baixada Santista»Tribunal de Justiça aumenta pena de assassino de cantor

Tribunal de Justiça aumenta pena de assassino de cantor

Desembargador, que havia pedido vista, acompanhou os votos do relator e do revisor de recursos, em decisão inânime de elevação de punição. Crime ocorreu em Santos.

Da Redação*

Uma decisão unânime de elevação de pena por parte do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) aumentou a punição ao mergulhador profissional Thiago Batista de Barros, o Chupeta, autor do assassinato do cantor Daniel Nunes Aquino, o Dan Nunes, em Santos, no litoral de São Paulo.

O desembargador Miguel Marques e Silva, que havia pedido vista para analisar os recursos de apelação do Ministério Público (MP) e da defesa de Chupeta, votou como o relator (Walter da Silva) e o revisor (Marco Antonio de Lorenzi), que já tinham definido elevação da pena de 18 para 19 anos, sete meses e seis dias de prisão. Com a votação unânime, a defesa fica impossibilitada de oferecer embargos infringentes. Isso porque esse tipo de recurso se fundamenta pela falta de unanimidade na decisão colegiada e questiona pontos de discordância.

O advogado de Chupeta, Alex Sandro Ochsendorf, afirma que irá oferecer embargos de declaração e, posteriormente, apresentará recurso especial junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ochsendorf sustenta a tese de que Chupeta cometeu homicídio privilegiado, “sob o domínio de violenta emoção”, cuja pena é reduzida. O defensor também pleiteia que sejam afastadas as qualificadoras de motivo torpe (imoralidade do agente) e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Vocalista da banda Tr3vo, Dan Nunes foi morto em 30 de março de 2015 na Rua Doutor Cochrane, no Embaré, em frente a uma casa noturna onde havia se apresentado. Chupeta passou pela via de carro, atirou contra a vítima e fugiu do local. Segundo a acusação, Chupeta planejou cometer o crime, devido a um caso amoroso que sua ex-mulher teve com Dan Nunes. A defesa nega premeditação no crime e diz que o mergulhador fora provocado pelo cantor antes de disparar.

*Com informações do Diário do Litoral

Foto: Reprodução/Facebook

Comentários

Comentários

Crianças arriscam a vida saltando de trem em movimento

Programa Guerreiros Sem Armas busca transformação pessoal