Home»REGIÃO»Baixada Santista»Ex-goleiro Edinho pode voltar a ser preso

Ex-goleiro Edinho pode voltar a ser preso

TJ-SP rejeita recurso e advogado do ex-jogador terá que apresentar novos embargos até segunda-feira (3-7) para impedir a prisão do filho de Pelé.

Da Redação*

O ex-goleiro Edinho pode voltar à prisão. A 14ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) rejeitou os embargos de declaração apresentados pelo advogado do filho de Pelé, Eugênio Malavasi. O ex-jogador conseguiu na Justiça, em abril deste ano, um habeas corpus para responder em liberdade pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. Entretanto, com a nova decisão, caso não seja apresentado novo recurso, o ex-goleiro pode voltar a ser preso.

A defesa de Edinho já foi informada sobre a rejeição do segundo embargo. Segundo Malavasi, o embargo tinha diversas teses já que cabem sempre que há obscuridade, ambiguidade, contradição e omissão. Além de rejeitar o pedido, o desembargador definiu que, após ter ultrapassado o prazo para novos embargos, o mandado de prisão de Edinho deve ser expedido imediatamente. Malavasi diz que irá estudar a situação durante o fim de semana e, caso seja possível, até a próxima segunda-feira (3-7), irá apresentar novos embargos para impedir a prisão do ex-goleiro.

Em fevereiro deste ano, o TJ-SP condenou Edinho e reduziu a pena de 33 anos e quatro meses de reclusão para 12 anos e dez meses em regime fechado. Os outros envolvidos no processo, com situação idêntica a Edinho, também tiveram suas penas reduzidas. Além do filho de Pelé, Clóvis Ribeiro, o “Nai”; Maurício Louzada Ghelardi, o “Soldado”; Nicolau Aun Júnior, o “Véio ou Nick”; e Ronaldo Duarte Barsotti, o “Naldinho”, foram condenados pelo mesmo crime. Nai deverá cumprir pena de 15 anos de reclusão. Já Soldado e Nick irão ficar 11 anos e quatro meses na prisão. Os mandados de prisão dos três já foram expedidos. “Naldinho” está sumido e, portanto, é considerado foragido.

*Com informações do G1

Foto: Reprodução/TV Globo

Comentários

Comentários

Operação Laranja Mecânica prende 30 ligados à organização criminosa

Suspeito de decapitar idoso é preso em Guarujá