Home»REGIÃO»Baixada Santista»MP prorroga prazo para eliminação de cilindros

MP prorroga prazo para eliminação de cilindros

Codesp e a empresa terão até a próxima segunda-feira (3-7) para dizer o que será feito com o equipamento com gases tóxicos, que estão no Porto de Santos.

Da Redação*

O Ministério Público de Guarujá estendeu o prazo para que a Codesp e a empresa contratada pela administração portuária apresentem um plano de destinação dos 115 cilindros, contendo seis tipos de gases tóxicos, que estão esquecidos no Porto de Santos,  no litoral de São Paulo. O MP foi acionado pela Prefeitura de Guarujá, que foi informada que a Codesp tinha a intenção de eliminar os gases tóxicos na Base Aérea de Santos.

O Conselho de Defesa do Meio Ambiente, por sua vez, promoveu uma audiência e rejeitou a queima ou o armazenamento desses produtos químicos em Santos. Então, o promotor Osmair Chama Júnior abriu um inquérito civil. Ele exigiu que a Codesp e a empresa contratada pela administração portuária apresentassem outras áreas onde esses cilindros poderiam ser descartados. O prazo era a última segunda-feira (26-6).

No entanto, de acordo com o MP, a pedido da empresa contratada, o promotor prorrogou o prazo por mais cinco dias. A Codesp e a empresa terão até a próxima segunda-feira (3-6) para dizer o que será feito com os cilindros. Dentro deles, há seis tipos de gases tóxicos, inflamáveis e explosivos. Segundo especialistas, o vazamento de algum desses gases provocaria uma explosão, que pode atingir uma área de quase 10 km em torno do armazém onde eles estão guardados, no Porto de Santos.

Por meio da assessoria de imprensa do MP, o promotor disse que não vai atender à imprensa antes do término do prazo, quando a empresa deve entregar a devolutiva do que vai ser feito com o material. Ele informou também que um novo procedimento deverá ser instaurado pelo Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (Gaema), porque a questão é de âmbito regional, já que envolve os municípios de Santos e Guarujá.

*Com informações do G1

Foto: Reprodução/TV Tribuna

Comentários

Comentários

Preta-Rara convida Nega Gizza para show em Santos

Operação Laranja Mecânica prende 30 ligados à organização criminosa