Home»REGIÃO»Baixada Santista»Motoristas de aplicativos criam Associação na Baixada Santista

Motoristas de aplicativos criam Associação na Baixada Santista

Trabalhadores de transporte particular se reuniram na Câmara Municipal de Santos e pretendem unir forças para lutar pela legalização da profissão na região.

Da Redação*

Os motoristas de aplicativos de transporte particular estiveram reunidos em sessão da Câmara de Santos, no litoral de São Paulo. Eles fizeram reinvindicações de forma pacífica e criaram a Associação dos Motoristas de Aplicativos da Baixada Santista (Amabs). “A Associação surgiu da necessidade de ter uma representatividade do poder público para forçar a regulamentação na cidade de Santos. A gente representa todos os trabalhadores por aplicativo da Baixada Santista, um total de 2.902 cadastrados até o momento”, disse Bruno Martins, presidente da Associação.

Ele e a diretoria atual da organização foram empossados, por um período de dois anos, nesta terça-feira (20-6). Entretanto, de acordo com ele, a Associação foi criada no dia 14 de junho, quando ocorreu a primeira assembleia. “Foram discutidos alguns temas sobre o estatuto e, nesta terça, na Câmara, também foi a posse. Aproveitamos para tomar as galerias e fazer reivindicações”, disse.

Segundo Martins, o principal pedido aos vereadores é que eles façam uma proposta de regulamentação que atenda à população santista. “A reivindicação é que seja feita a legalização de uma forma transparente e justa, tanto para nós motoristas de aplicativos como para os taxistas. Não pode ser feito somente o que estão fazendo, ouvindo a categoria dos taxistas”, afirmou ele.

*Com informações do G1

Foto: André Costa/Arquivo Pessoal

 

 

 

Comentários

Comentários

Insegurança preocupa funcionários do VLT em Santos

Secretária que estava desaparecida é encontrada em Bertioga