Home»REGIÃO»Baixada Santista»Vereadores de Guarujá aprovam fim do voto secreto

Vereadores de Guarujá aprovam fim do voto secreto

A decisão unânime da Câmara Municipal deve ser confirmada no próximo dia 30, em segunda votação, para entrar em vigor.

Da Redação*

A Câmara Municipal de Guarujá, no litoral de São Paulo, aprovou, na terça-feira (16-5), em primeira discussão, por unanimidade, o fim do voto secreto em todas as deliberações no plenário da Casa. A medida não cabe exceções. O presidente do Legislativo e autor do projeto, Edilson Dias (PT), só votaria em caso de igualdade e a segunda e definitiva votação será no próximo dia 30-5.

Dias tinha a pretensão de acabar com o voto secreto há vários anos. No seu mandato anterior, tentou aprovar a iniciativa, porém, não conseguiu. O vereador prometeu que iria colocá-lo em votação nessa legislatura, depois de ter assumido a presidência, e cumpriu a promessa. Para ele, a medida que sempre defendeu “vai ao encontro do princípio da transparência que deve ser o norteador o trabalho do parlamentar e aos anseios da sociedade que espera mais austeridade e transparência da parte dos gestores públicos. Todo cidadão tem o direito de saber como votou seu vereador em cada projeto. É mais uma medida de transparência que estamos adotando nesta gestão”, disse.

Com a decisão, a Baixada Santista só possui três cidades que ainda mantém votação secreta, em determinadas situações: Mongaguá, Peruíbe e Itanhaém. Nesta última cidade, tramita desde 2015 o projeto de resolução 02/2015, apresentado pelo ex-vereador Conrado Carrasco, que propõe eliminar o voto secreto e as sessões secretas na Câmara.

*Com informações do Diário do Litoral

Foto: Divulgação/Câmara de Guarujá

Comentários

Comentários

Surfista é resgatado em Peruíbe depois de 14 horas

Presos irmãos suspeitos de matar estudante em São Vicente