Home»Destaque»Jovem atropelada pelo ex tem morte cerebral constatada

Jovem atropelada pelo ex tem morte cerebral constatada

Crime ocorreu na cidade de Jacupiranga, na região do Vale do Ribeira; suspeito continua foragido e procurado pela polícia.

Da Redação*

Jéssica Trianoski, uma socorrista de 26 anos, teve morte cerebral diagnosticada pelos médicos, depois de ter sido atropelada pelo ex-namorado e ficar gravemente ferida. O crime ocorreu na cidade de Jacupiranga, região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, e a polícia ainda não conseguiu localizar o suspeito.

A jovem foi atacada quando estava a caminho do trabalho. O atual namorado e o sogro dela flagraram a ação, quando os três foram surpreendidos por um carro em alta velocidade, que atingiu a jovem. As testemunhas conseguiram ver quem dirigia. O motorista foi identificado como Marcos Magno da Cunha Moraes, que manteve um relacionamento com Jéssica por dois anos. Há seis meses, no entanto, eles estavam separados. Familiares disseram à polícia que ele a ameaçava, justamente por ter encerrado o namoro.

A vítima foi socorrida ao hospital local e permanece internada. Contudo, os médicos que a acompanham constataram que ela teve morte cerebral. O caso está registrado no 1º Distrito Policial de Jacupiranga. Marcos está foragido. O carro dele foi localizado nas proximidades da cidade, logo depois do atropelamento. A polícia solicita para quem tiver qualquer informação a respeito do suspeito entrar em contato com o Disque Denúncia, pelo 181.

*Com informações do G1

Foto: Arquivo pessoal

Comentários

Comentários

Encontro discute exploração sexual de crianças em Santos

Auditores fiscais iniciam greve nacional