Home»REGIÃO»Baixada Santista»Auditores fiscais iniciam greve nacional

Auditores fiscais iniciam greve nacional

Movimento de paralisação dos profissionais da categoria vai até quinta-feira, provocando atraso nas operações e no desembaraço de mercadorias no Porto de Santos

Da Redação*

Os auditores fiscais da Receita Federal entraram em greve nesta terça-feira (16/5) e, com isso, as operações e o desembaraço de mercadorias no Porto de Santos devem sofrer atraso. As atividades da categoria serão retomadas na próxima sexta-feira (19/5). A paralisação é mais uma tentativa de pressionar o Governo Federal para o cumprimento de um acordo estabelecido em 2016. Uma nova greve pode acontecer na próxima semana.

De acordo om o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (Sindifisco), a cada dia de paralisação, mil contêineres deixam de ser liberados na data em que seu despacho é apresentado. Em consequência do protesto, as liberações saem somente dias ou semanas depois, o que provoca o acúmulo do serviço.

Durante os dias de greve, os auditores permanecem do lado de fora das repartições, sem assinar a folha de ponto. Na prática, tanto na Delegacia da Receita Federal quanto na Alfândega, todas as atividades são paralisadas, exceto a liberação de cargas vivas, perigosas, medicamentos, perecíveis, urnas funerárias e fornecimento de bordo.

A paralisação é uma forma de os auditores pressionarem o Governo Federal para que a Medida Provisória 765/2016 volte à pauta do Congresso Nacional. O texto precisa ser apreciado até o próximo dia 1º, senão perderá a validade. A categoria ainda é contra as mudanças propostas ao projeto de lei que trata da recomposição salarial e da regularização de normas que asseguram a independência e a autonomia do trabalho da categoria.

*Com informações de A Tribuna

Foto: Agência Brasil/Creative Commons

Comentários

Comentários

Jovem atropelada pelo ex tem morte cerebral constatada

Cunhado que estrangulou jovem se mata na delegacia