Home»Destaque»E a piada se repete: Suzane deixa Tremembé para o Dia das Mães

E a piada se repete: Suzane deixa Tremembé para o Dia das Mães

Condenada a 39 anos de prisão por ter matado os pais, ela ganha indulto e deixa o presídio na companhia do namorado; retorno está previsto para a próxima quarta-feira (17/5).

Da Redação*

Por mais que a situação pareça paradoxal, Suzane von Richthofen, que foi condenada a 39 anos de reclusão por ter sido responsável pela morte dos pais, conquistou o direito de deixar a Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, no Vale do Paraíba, para a saída temporária do Dia das Mães. O benefício é concedido aos detentos do regime semiaberto, que apresentam bom comportamento.

Suzane deixou o local com a orientação de retornar à penitenciária na próxima quarta-feira (17/5). Segundo informações, durante o período de indulto ela ficará hospedada em uma residência na cidade de Angatuba, em São Paulo, onde mora seu namorado, que foi buscá-la na porta do presídio, e a família dele.

Suzane von Richthofen conseguiu a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. Não é a primeira vez que ela deixa a prisão. Sua primeira saída foi em março de 2016, quando foi beneficiada pelo indulto de Páscoa. Ainda no ano passado, ela obteve o direito de sair temporariamente da cadeia no Dia das Mães. Em 2006, Suzane e os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos de Paula e Silva foram condenados pelo homicídio dos pais dela, o engenheiro Manfred e a psiquiatra Marísia, ocorrido em 2002.

Com informações do G1

Foto: EBC

 

 

Comentários

Comentários

Sindicalistas “enterram” deputados favoráveis às reformas em Santos

Próximo

This is the most recent story.