Home»REGIÃO»Baixada Santista»Oficinas Querô promovem seleção de elenco para curta-metragem

Oficinas Querô promovem seleção de elenco para curta-metragem

Oficinas Querô promovem seleção de elenco para curta-metragem

Teste para escolher participantes do filme Ana será realizado no próximo sábado e a produção abordará questões como racismo, autoaceitação e os problemas com refugiados.  

Da Redação*

As Oficinas Querô realizam no próximo sábado (13/05), das 10 às 17 horas, um teste para selecionar o elenco que participará do curta-metragem Ana, que abordará temas como racismo e autoaceitação. O teste é gratuito e os interessados não precisam ter experiência em artes cênicas.

Para os papeis principais, serão selecionados dois perfis: uma criança negra, entre 9 a 12 anos, com cabelos crespos, e uma mulher negra, de 28 a 35 anos, alta e também de cabelos crespos. Para os outros integrantes da produção, serão escolhidos mais quatro perfis: homem negro, de 25 a 35 anos; mulher negra, de 35 a 40 anos; mulher branca, de 30 a 50 anos; crianças de 9 a 12 anos (sem característica específica).

O teste será realizado na Unimonte (Rua Comendador Martins, nº 52 – Vila Mathias). Quem quiser participar deve levar o RG e menores de idade precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis. As filmagens estão programadas para julho. Mais informações pelo telefone (13) 3233-7084, pelo portal do Instituto Querô ou na página do facebook.

O filme conta a história de duas protagonistas negras, buscando dar representatividade à cultura afro-brasileira e discutir questões como racismo, autoaceitação e também abordar questões sobre refugiados. Na trama, Jeannete é uma professora refugiada do Congo, que trabalha como faxineira em uma escola na cidade de Santos. Mesmo não sabendo falar português e com dificuldades de adaptação, ela decide ajudar Ana, uma menina que não se reconhece como negra.

*Com informações do Diário do Litoral

Foto: Querõ/Divulgação

 

Comentários

Comentários

Pé humano é encontrado na areia da praia em Guarujá

Adolescente tem 15% do corpo queimado por rival em Praia Grande