Home»REGIÃO»Baixada Santista»Vídeo mostra piloto atirando lancha em cima de outra. “Ele estava muito louco”, dizem testemunhas

Vídeo mostra piloto atirando lancha em cima de outra. “Ele estava muito louco”, dizem testemunhas

Vídeo gravado durante o carnaval mostra várias pessoas, incluindo crianças, dentro de uma lancha, no canal que divide Santos do Guarujá, em frente à Ilha das Palmas. Ao fundo, outra embarcação aparece e rapidamente provoca uma colisão lateral.

Da Redação com Informações do G1

Vídeo gravado durante o carnaval mostra várias pessoas, incluindo crianças, dentro de uma lancha, no canal que divide Santos do Guarujá, em frente à Ilha das Palmas. Ao fundo, outra embarcação aparece e rapidamente provoca uma colisão lateral.

Os ocupantes da lancha atingida se assustam, gritam e questionam o motivo do outro piloto ter provocado o acidente. Testemunhas dizem que o piloto da embarcação laranja, em alta velocidade, jogou propositalmente o barco em cima de outra lancha, onde uma família aproveitava o fim de tarde e gravava um vídeo do pôr do sol. Ele estaria fazendo várias manobras irregulares e, inclusive, chegou a quase virar um outro barco que passava pelo local.

“Ele estava muito louco. O objetivo era tirar uma ‘fininha’ para assustar as pessoas. Ele não errou a manobra. Bateu no cara de propósito. Eu estava na minha embarcação e ele passou por mim. Foi uma irresponsabilidade. Ele poderia passar por cima das pessoas e até matar alguém. Todo mundo ficou em choque. Tinha até uma criança de muletas no barco”, disse.

Localizada em Santos, no litoral de São Paulo, a Ilha das Palmas abriga o ‘Clube de Pesca de Santos’, uma área que pode ser frequentada exclusivamente por sócios ou visitantes acompanhados. É muito procurada, principalmente, por turistas de São Paulo, que vão ao local relaxar e aproveitar o calor longe da badalação da cidade.

Após a colisão, uma equipe de peritos da Capitania dirigiu-se para as marinas, onde se encontravam as embarcações. Foi realizada perícia nas duas lanchas, testemunhas foram ouvidas e foi confeccionado um laudo pericial. Não houve vítimas nem poluição ambiental.

De acordo com a Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos de São Paulo, o abalroamento entre as embarcações ‘Dika Brothers’ e ‘Again’ ocorreu no fim da tarde do dia 28 de fevereiro. Ainda de acordo com a Capitania dos Portos, um inquérito administrativo foi instaurado para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.

Comentários

Comentários

Santos pode ficar sem agentes de Saúde. População lota Audiência Pública

Diante da intransigência da Prefeitura tucana de Santos, servidores iniciam “greve pipoca”