Home»REGIÃO»Grande SP»Osasco»Osasco: Justiça manda advogado tirar do ar notícia falsa sobre Jorge Lapas

Osasco: Justiça manda advogado tirar do ar notícia falsa sobre Jorge Lapas

Internauta divulgou nas redes sociais boato mentiroso de que as contas do prefeito haviam sido rejeitadas pelo Tribunal de Contas

Por Redação

O juiz eleitoral Wilson Lisboa Ribeiro, da 277° zona eleitoral (Osasco), concedeu uma liminar na última terça-feira (12) em que obriga o advogado Lindenberg Pessoa a retirar de seu perfil nas redes sociais um boato falso que tinha divulgado com o objetivo de prejudicar a imagem do prefeito Jorge Lapas (PDT). Para o juiz, o autor da publicação deveria saber, por dever de ofício, a diferença entre um parecer desfavorável e contas reprovadas.

A liminar deu um prazo de 24 horas para que Pessoa cumpra a decisão e o pune com multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento. Segundo o juiz, é “flagrante” que o conteúdo é “propaganda extemporânea negativa” contra o prefeito. A decisão já foi cumprida pelo advogado.

Pessoa republicou a informação de que as contas do governo de Osasco em 2013 teriam sido rejeitadas pelo Tribunal de Contas de São Paulo. Na verdade, o relatório sequer foi votado em plenário.

Para o prefeito, a divulgação do boato mostra o início de uma “campanha suja”. “Sempre atuo com a firme convicção de que a justiça anda de mãos dadas com a verdade. E a verdade sempre prevalece. Hoje tive mais um motivo para reforçar essa convicção, com a decisão da justiça que mandou tirar do Facebook um boato mentiroso e mal intencionado que buscava enganar as pessoas. A campanha suja contra o nosso trabalho já começou, mas a verdade é por nós”, afirmou.

O movimento Somos Todos Osasco, que apoia o prefeito, lamentou que a mentira tenha se tornado arma de adversários para ofender Lapas. “É importante deixar claro, como a Justiça reafirmou mais uma vez, que a liberdade de expressão não dá direito a ninguém de usar de mentiras para tentar enganar a população”, manifestou o coletivo em sua página no Facebook.

Comentários

Comentários

Contra ex-prefeito, PT pode se aliar a PMDB e PSDB em Cotia

Para Haddad, mudança do Ceagesp da Vila Leopoldina para Perus vai gerar 60 mil empregos