Home»Política»MP flagra 16 trens novos abandonados e denuncia secretário de Alckmin por improbidade

MP flagra 16 trens novos abandonados e denuncia secretário de Alckmin por improbidade

Composições foram compradas há mais de dois anos e estão paradas, muitos componentes inclusive perderam a garantia do fabricante sem jamais terem sido usados

Por Redação

O Ministério Público do Estado de São Paulo denunciou por improbidade administrativa o atual secretário de Transportes Metropolitanos do governo Geraldo Alckmin (PSDB), Clodoaldo Pelissioni. Além dele, foram incluído na ação o ex-secretário Jurandir Fernandes e seis ex-presidentes do Metrô.

O promotor Marcelo Milani constatou que o governo mantém 16 trens novos parados, que foram adquiridos há mais de dois anos para a Linha5-Lilás do Metrô. Alguns componentes perderam a garantia do fabricante sem jamais terem sido utilizados. Além disso, segundo o promotor, os equipamentos estão abandonados e foram alvo de vandalismo.

Outros dez estão comprados e permanecem armazenados pelo fabricante, a espera de um lugar onde o governo vai guardá-los.

Ao todo, o custo do lote completo é de R$ 615 milhões. Com o atraso das obras desde 2010, quando houve denúncias de irregularidades nas concorrências públicas, os novos trens não foram colocados em funcionamento. A bitola deles é diferente do que é usado no trecho em operação da linha.

Com informações do G1

Comentários

Comentários

Comerciantes às margens da Rodovia dos Tamoios pagam pedágio para não perder clientes

Contra ex-prefeito, PT pode se aliar a PMDB e PSDB em Cotia