Home»REGIÃO»Capital»#PaulistaAberta, 1 ano: decreto oficializa democratização da avenida com menos carros e mais pessoas

#PaulistaAberta, 1 ano: decreto oficializa democratização da avenida com menos carros e mais pessoas

Haddad assinou decreto que regulamenta o projeto que garante a Paulista como espaço de convivência, cultura e lazer para os paulistanos aos domingos

Da Redação

Desde o dia 28 de junho de 2015, a Avenida Paulista, ou simplesmente Paulista, como a chamam os moradores da capital, podem aproveitar o espaço cartão postal todos os domingos.

Na época, a Prefeitura aceitou a reivindicação do grupo Minha Sampa, que exigia o uso da via por pedestres aos finais de semana. O objetivo do grupo é tornar a cidade mais amigável e acessível para todos, não apenas para quem tem carro.

No último fim de semana de junho de 2016, o prefeito Fernando Haddad assinou o decreto que oficializa o programa Paulista Aberta e o programa Ruas Abertas, que promove a “abertura” de ruas aos domingos e feriados para as pessoas.

“Nada disso teria sido possível sem a participação de milhares de pessoas e dezenas de organizações, que embarcaram em nossa campanha de mobilização pela abertura da Paulista desde 2014” – site oficial do Minha Sampa.

A conquista de um grande espaço de convivência para a cidade faz parte de um movimento que vem unindo política e sociedade em busca de uma São Paulo compartilhada, plural e de fato, aberta.

paulista-aberta
Piqueniques, bikes, bebês. Arte, cultura e lazer. Há um ano, a Paulista aberta é opção para todos

Milhares de pessoas puderam se somar à mobilização encabeçada pelos coletivos Minha Sampa e SampaPé, e tornar a ação popular possível e com resultados positivos: “Devolvemos a Paulista às pessoas e mostramos que somos capazes de transformar SP na cidade que a gente merece viver” – é o recado na página do programa Paulista Aberta, no site oficial do Minha Sampa.

Até cachorro pode. Aos domingos, a Avenida se transforma em um imenso espaço de convivência para o paulistano. Imagem: Facebook
Até cachorro pode. Aos domingos, a Avenida se transforma em um imenso espaço de convivência para o paulistano. Imagem: Facebook

Na página do Minha Sampa no Facebook, o anúncio da assinatura do decreto que oficializa a abertura da Avenida Paulista veio junto com mais novidade: A criação de um comitê de avaliação, participação e proposição de melhorias para o Programa Ruas Abertas, que inclui membros de diversos coletivos e organizações não governamentais: Minha Sampa, SampaPé, do cidade Ativa e Bike Anjo, para atender reivindicações das 5 regiões da cidade.

Mais informações: http://paulistaaberta.minhasampa.org.br/

Comentários

Comentários

Evento em Santos reúne redes de laboratórios de inovação cidadã

Para urbanista, Santos está se tornando uma "cidade oca"