Home»REGIÃO»Vale do Paraíba»São José dos Campos»PSDB suspende construção de Hospital da Mulher em São José

PSDB suspende construção de Hospital da Mulher em São José

Conselheiro do TCE, ex-deputado e ex-presidente do diretório estadual do partido, Sidney Estanislau Beraldo, acata pedido de vereador tucano para interromper licitação para as obras

Da Redação

A construção da segunda fase do Hospital da Mulher foi suspensa pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sidney Estanislau Beraldo. Ele acatou pedido do vereador Juvenil Silvério do PSDB, que faz oposição ao atual governo da cidade, na gestão de Carlinhos Almeida (PT). O vereador pediu a paralisação da licitação.

Site de Sidney Beraldo ainda traz logo do PSDB (Reprodução)
Site de Sidney Beraldo ainda traz logo do PSDB (Reprodução)

Sidney Beraldo, pelo menos até 2010, era um político filiado ao PSDB. Em 1994, elegeu-se deputado estadual pelo partido, cargo para o qual foi reeleito em 1998, 2002 e 2006. Foi presidente da Assembleia Legislativa (2003/2005).

Presidiu o Diretório Estadual do PSDB entre 2005 e 2006. Em 2007, assumiu a Secretaria de Gestão Pública, permanecendo no cargo até abril de 2010, quando se afastou para ser o coordenador-geral da campanha de Geraldo Alckmin.

Em 2010, Beraldo foi candidato suplente do tucano Aloysio Nunes ao Senado.

Beraldo, então secretário de Alckmin
Beraldo, então secretário de Alckmin

Em 01 de janeiro de 2011, tomou posse como secretário-chefe da Casa Civil do governo do Estado de São Paulo.
No ano seguinte, 2012, foi nomeado pelo governador como conselheiro do TCE.

Em nota, a Prefeitura de São José disse que irá prestar os esclarecimentos ao TCE “com o objetivo de garantir que cidade não seja penalizada por quem é movido apenas por interesses partidários, e não pensa na qualidade de vida da população”. “A prefeitura lamenta ações como essa, que tem como único objetivo atrasar investimentos. Não é a primeira vez que a oposição utiliza deste expediente para tentar barrar obras importantes para São José. A representação do vereador prejudica todas as mulheres que vão se beneficiar com a 2ª fase do Hospital da Mulher.”

Mobilização

Primeira fase do Hospital da Mulher já foi inaugurada
Primeira fase do Hospital da Mulher já foi inaugurada

Mulheres da cidade preparam um protesto nesta sexta-feira 96) contra a suspensão da obra, ao lado UPA do Putim (Av. João Rodolfo Castelli, 1.035). O hospital terá 98 leitos, pronto atendimento para a mulher e um setor de oncologia clínica. Serão 10 salas de atendimento individualizadas de parto, salas de cirurgia e salas de cirurgia ginecológica e oncológica.

A primeira fase da unidade foi entregue pela prefeitura em março deste ano. Somente no primeiro mês de funcionamento foram 2.530 atendimentos realizados, dos quais 1.350 consultas, 850 ultrassonografias e outros 330 exames diversos.

Comentários

Comentários

O 1º Centro de Acolhida para Mulheres Transexuais do Brasil está em São Paulo

Em São Paulo, programa distribui adubo orgânico para quem usa ecopontos