Home»Destaque»Conheça a líder feminista do Malawi que luta pelas mulheres do seu país

Conheça a líder feminista do Malawi que luta pelas mulheres do seu país

Na África, Theresa Kachindamoto trabalha anulando casamentos forçados, colocando meninas na escola e agora começa uma campanha para abolir rituais abusivos

Da Redação

Theresa Kachindamoto trabalha como supervisora de um distrito em Malawi, na África, e há 27 anos ela luta pelo fim da violência física e social, e pela garantia de direitos para as mulheres de sua comunidade.

Theresa Kachindamoto
Theresa Kachindamoto, líder feminista do Malawi

 

O país onde ela vive tem baixíssimo índice de desenvolvimento humano e algumas tradições opressoras geram sofrimento e traumas para meninas e mulheres.

No Malawi, é comum ver meninas de 12 anos se casando e grávidas por conta das relações sexuais iniciadas precocemente. Uma das causas comuns para estes casamentos arranjados é a situação econômica das famílias malawi. Além destes rituais abusivos, uma em cada cinco mulheres já sofreu abuso sexual, e os índices de contágio do HIV só crescem no país.

A supervisora de distrito luta há quase três décadas pelas mulheres do seu país
A supervisora de distrito luta há quase três décadas pelas mulheres do seu país

A líder feminista trabalha baseando-se na educação e no empoderamento dessas mulheres, deixando clara a mensagem de que, se puderem ter voz e conhecimento, essas mulheres serão quem elas quiserem.

No ano passado, Theresa conseguiu aprovar uma lei que institui 18 anos como maioridade para casamentos. Agora a luta é para elevar essa maioridade até os 21 anos. Ela já anulou mais de 850 casamentos forçados, colocou meninas na escola e agora trabalha para abolir rituais sexuais abusivos para as mulheres.

Theresa, que não desiste da luta, já foi ameaçada de morte por grupos contrários às suas políticas públicas.

 

Fotos: Al jazeera

Comentários

Comentários

  • luciana

    e a isso e normal porque eu sása bia , nao e nada para mim

  • luciana

    isso e normal para mim luciana

  • lyandra

    mc luciana e melhor

Área do antigo Teatrão passa por revitalização em São José dos Campos

Até o fim de junho, sábados de dança africana no Centro Cultural da Juventude