Home»REGIÃO»Capital»Coronel Telhada condecorou com medalha sargento da PM preso por tortura

Coronel Telhada condecorou com medalha sargento da PM preso por tortura

Para Telhada, se todo delegado for levar pra frente acusações de tortura “acabou a polícia”

Via Coletivo DAR

Como demonstrou reportagem da Folha de SP, três PM’s foram detidos na noite desta terça feira acusados de tortura de um suspeito de roubo. Um deles, o líder do bando, o Sargento Charles Otaga, permaneceu preso tendo sido encaminhado ao presídio. Segundo depoimento da vítima, fotos e laudo do IML,  os covardes de farda agrediram em grupo a uma pessoa rendida e desarmada com choques no pênis, bolsa escrotal, pescoço e perna. Foram encontrados também machucados feitos na região da costela e múltiplas lesões na parte esquerda da nádega e nas coxas.

Logo que soube da prisão, o excelentíssimo deputado Coronel Telhada (PSDB) correu para a delegacia para participar, junto com outras hienas, de tentativas de intimidação do delegado para que soltasse os PMs. Estranho? Não mais do que Charles Otaga ter recebido, das mãos de Telhada, uma CONDECORAÇÃO e uma MEDALHA, em ato solene realizado na Assembleia Legislativa do Estado no dia 1 de junho deste ano. Otaga foi agraciado com  a Medalha de Esplendor de São Miguel, e seja lá o que isso signifique representou um tempo da casa legislativa e de funcionários seus pagos pelos contribuintes para que fosse homenageado (ao menos um) torturador.

De acordo com texto da assessoria da Assembleia (leia texto completo aqui) , “O deputado citou o heroísmo dos policiais envolvidos nos três casos citados, que, com o risco da própria vida (porque as abordagens envolveram troca de tiros), cumpriram seu dever de promover a segurança pública, repelindo agressões injustas após terem sido alvo de disparos”.

Ao saber da prisão por tortura de seu homenageado, Telhada foi de uma sinceridade impressionante: se todo delegado agir assim, ACABOU A POLÍCIA. Não tenha dúvida, excelentíssimo passa pano de torturador, não tenha dúvida.

Comentários

Comentários

PMs se revoltam com prisão de policial acusado de tortura. Delegado sai escoltado

Coletivos e artistas criam projeto de fomento à cultura da periferia