Home»REGIÃO»Capital»Gestão Haddad consegue na Justiça o bloqueio de bens de integrante da Máfia do ISS

Gestão Haddad consegue na Justiça o bloqueio de bens de integrante da Máfia do ISS

Ação congela R$ 2,7 milhões de de chefe de gabinete da Secretaria de Finanças da gestão Kassab, demitida a bem do serviço público em 2013, para ressarcir prejuízos causados aos cofres públicos

Da Redação

A Justiça determinou na segunda-feira (28) o bloqueio de R$ 2,7 milhões da ex-servidora pública Paula Sayuri Nagamati, apontada como uma das integrantes da chamada “Máfia do ISS” e ex-chefe de gabinete do então secretário de Finanças Mauro Ricardo, na gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD).

O sequestro dos bens foi deferido pela 8ª Vara de Fazenda Pública em ação movida pela Prefeitura de São Paulo. Em sua decisão, o juiz Claudio Campos da Silva levou em conta a materialidade dos danos causados aos cofres públicos, além dos indícios de enriquecimento e de participação da ex-auditora fiscal no esquema que desviou cerca de R$ 500 milhões do ISS/Habite-se.

Exonerada em novembro de 2013, ela foi demitida a bem do serviço público no primeiro semestre deste ano, após investigações realizadas pela Controladoria Geral do Município (CGM).

A ação de sequestro de bens proposta pela Procuradoria Geral do Município é baseada nos indícios de corrupção e na incompatibilidade entre os bens adquiridos por Paula e seus ganhos como servidora pública. A evolução patrimonial foi verificada em uma sindicância realizada pela Controladoria.

Comentários

Comentários

Prefeito Fernando Haddad volta de Paris na classe econômica e imagem viraliza na internet

Mortes no trânsito caem 18,5% na capital paulista em relação ao primeiro semestre do ano passado