Home»REGIÃO»Grande SP»Audiência vai debater estação provisória da CPTM que já dura quase 5 anos

Audiência vai debater estação provisória da CPTM que já dura quase 5 anos

Reforma da estação de Francisco Morato começou em 2010 e, segundo o governo Alckmin, agora não deve ser concluída antes de 2017

Da Redação

A Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa vai fazer uma audiência pública na próxima sexta-feira em Francisco Morato, na Grande São Paulo, para discutir a situação da estação ferroviária da cidade.

Em novembro de 2010, o governo estadual, comandado pelo PSDB desde 1998, inaugurou uma edificação provisória para ser utilizada pelos passageiros enquanto era feita a reforma da estação.

A CPTM alega que uma série de problemas técnicos e judiciais está atrasando a execução da obra, que agora está prevista para ficar pronta apenas no fim de 2017.

Enquanto isso, os moradores da cidade reclamam da precariedade da estação provisória, que é usada por cerca de 100 mil pessoas ao dia e é a principal opção de transporte público entre a cidade e a capital paulista.

Comentários

Comentários

Em projeto-piloto, Prefeitura implanta faixa exclusiva para pedestres na Avenida Liberdade

Carros híbridos e elétricos ficarão fora do rodízio municipal