Home»REGIÃO»Capital»Radares móveis passam a fiscalizar velocidade de motos nas marginais

Radares móveis passam a fiscalizar velocidade de motos nas marginais

Prefeitura diz que o objetivo é reduzir o número de mortes e acidentes graves com motoqueiros; serão dez radares móveis em 40 pontos das vias

Da Redação

A Guarda Civil Metropolitana iniciou nesta quinta-feira a operação de radares móveis, do tipo pistola, nas marginais. O objetivo principal é fiscalizar o cumprimento da velocidade máxima das vias por motociclistas.

Segundo a Prefeitura, a medida é importante para reduzir o número de acidentes graves e mortes no trânsito entre os motociclistas. “Nos levantamentos realizados pela CET nas seis semanas após a redução das velocidades máximas permitidas nas marginais, verificamos que o índice é bastante alto de acidentes envolvendo motociclistas. São 82% do total de acidentes com vítimas. Daí a importância de um equipamento que priorize a fiscalização das motos, para a proteção de vidas”, explicou Valtair Valadão, diretor de operações da CET.

A CET informou que a fiscalização será realizada todos os dias, das 7h às 19h. Os radares serão utilizados de maneira alternada em 38 pontos, sendo cinco radares em operação diariamente em cada uma das Marginais.

Os radares móveis vão fiscalizar as motos. O reforço é necessário porque os radares fixos têm dificuldades técnicas para registrar infrações cometidas pelos motociclistas, porque muitos circulam entre as faixas de rolamento. Dos 62 radares fixos em funcionamento nas duas Marginais, 25 não fiscalizam motos.

Comentários

Comentários

Prefeitura vai transformar trecho da Sete de Abril em calçadão

Alunas de Medicina fazem blackface e ironizam: “inclusão social hahahaha”