Home»Sem categoria»Ciclista diz que acidente embaixo do Minhocão foi fora da ciclovia

Ciclista diz que acidente embaixo do Minhocão foi fora da ciclovia

Ele afirmou à polícia que pedalava na faixa de ônibus quando atingiu o homem de 78 anos, que não resistiu aos ferimentos

Da Redação

Em depoimento à polícia, o administrador de empresas Gilmar Raimundo de Alencar, de 45 anos, afirmou que não estava na ciclovia inaugurada embaixo do Minhocão quando atropelou acidentalmente o porteiro Florisbaldo Carvalho da Rocha, de 78 anos.

Alencar contou que pedalava na faixa de ônibus quando atingiu o idoso, que tentava atravessar a rua General Olímpio da Silveira. O ciclista prestou socorro ao pedestre e se apresentou voluntariamente na delegacia para o registro do acidente.

O atropelamento acirrou os ataques contra as ciclovias construídas durante a gestão do prefeito Fernando Haddad (PT). É o primeiro plano cicloviário da história da cidade. A Secretaria Municipal de Transportes lamentou o acidente e afirmou que vai analisar se é o caso de fazer mudanças na ciclovia, criticada por conta dos pontos cegos provocados pelos pilares que sustentam o Minhocão.

No fim de semana, um ciclista de apenas 9 anos foi atropelado na ciclovia da Avenida Bento Guelfi, em São Mateus, na Zona Leste. Um motorista invadiu a pista segregada, que fica no meio da via e é segregada por balizadores, e atingiu o garoto. Moradores da região afirmam que o desrespeito à ciclovia é comum no bairro.

Comentários

Comentários

Uma São Paulo sem memória: quem lucra?

Osasco teve outra chacina com cinco vítimas logo após morte de PM