Home»REGIÃO»Capital»Haddad demonstra preocupação com ataque a haitianos no Centro de SP

Haddad demonstra preocupação com ataque a haitianos no Centro de SP

Para o prefeito, cidade não pode “tolerar” casos de xenofobia, como o que vitimou seis homens no começo do mês na região do Glicério

Da Redação

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou no último domingo que considera muito grave o ataque a seis haitianos no começo do mês, na região do Glicério. Segundo testemunhas, há indícios que o caso tenha sido motivado por xenofobia.

Para Haddad, a cidade não pode mais “tolerar” a violência causada pela intolerância. Os homens foram baleados, por um homem que passou em um carro cinza. Segundo o relato, o agressor teria gritado “haitianos” antes de fazer os disparos, possivelmente com uma arma de chumbinho.

As vítimas foram levadas a hospitais municipais e o crime foi registrado na delegacia do Pari. O prefeito tem demonstrado preocupação com a situação humanitária dos haitianos que têm se refugiado no Brasil, tanto que inaugurou no ano passado um abrigo específico para essa população.

Ele falou sobre o assunto durante a inauguração da ciclovia que fica embaixo do Minhocão.

Foto: Heloisa Ballarini / PMSP

Comentários

Comentários

Justiça aceita denúncia por gestão fraudulenta no fundo de pensão do Metrô-SP

Entidades fazem protesto contra o desmonte da TV Cultura