Home»REGIÃO»Capital»Ciclistas propõem velocidade menor em acessos e saídas de pontes das marginais

Ciclistas propõem velocidade menor em acessos e saídas de pontes das marginais

O prefeito Fernando Haddad se reuniu com cicloativistas, que pediram mais ciclovias nas periferias e melhor sinalização nas vias exclusivas

Da Redação

Reunidos com o prefeito Fernando Haddad (PT), cicloativistas de diferentes grupos sugeriram uma redução na velocidade máxima da pista local das marginais nos trechos de entradas de alças de acesso e saídas de pontes. O objetivo é dar mais segurança a pedestres e ciclistas. Pela proposta, o limite de velocidade nesses trechos da pista local seria de 40 km/h.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, outras reduções serão feita em toda a cidade até dezembro, com o objetivo de diminuir acidentes e, assim, aumentar a velocidade média do tráfego na cidade. O encontro faz parte da Câmara Temática de Ciclistas do Conselho Municipal de Transportes e Trânsito (CMTT) e contou com a presença de grupos como o Ciclocidade, CicloBR e Bike É Legal, além de coletivos regionais de diferentes bairros da capital paulista.

Entre as demandas apresentadas pelos ciclistas estão a ampliação da malha cicloviária também nas regiões periféricas, além de ajustes na sinalização das vias que estão há mais tempo em operação, o que, de acordo com o prefeito, será priorizado.

Foto: Cesar Ogata  Secom / PMSP

Comentários

Comentários

São José terá malha cicloviária de 69 quilômetros até novembro

TCE culpa “falta de planejamento” tucana por crise hídrica