Home»Bragança Paulista»Alunos de escolas municipais recebem tablets em Bragança Paulista

Alunos de escolas municipais recebem tablets em Bragança Paulista

Na primeira fase do programa Cidade Digital, 700 crianças serão beneficiadas com o equipamento

Por Aline Campos | Foto: Dívio Gomes

Com objetivo de introduzir o uso de novas tecnologias para crianças da Rede Municipal de Educação, a Prefeitura de Bragança Paulista realizou, na manhã desta quinta-feira, dia 19, a entrega de 189 tablets pedagógicos para os alunos do 4º e 5º ano da Escola Municipal Jorge Tibiriçá. O evento reuniu alunos, professores, profissionais da educação, além de vereadores, secretários municipais, a secretária de educação e vice-prefeita, Professora Huguette Theodoro da Silva, e o prefeito Fernão Dias.

Na primeira etapa do Programa Bragança Digital serão entregues 700 tablets, que abrangerá alunos do 4ª e 5ª ano de seis escolas do município. São elas: Professor Orlando Pinto de Oliveira, no Jardim Santa Amélia, Professora Creusa Gomes de Azevedo, na Santa Terezinha, Antonio Dorival M. de Oliveira, no Jardim Iguatemi, Professor Carlos Frederico dos S. Santos, no Jardim São Miguel, e a escola municipal rural Terezinha Beloto, no Mãe dos Homens.

Nesta fase, considerada experimental, serão identificados os problemas enfrentados e buscadas soluções para cada um deles. Isto permitirá a expansão, a princípio, para todos os 4º e 5º anos da Rede, e posterior alcance de todas as crianças matriculadas em escolas municipais, incluindo as do 1º ano. Para a secretária de educação, os tablets serão utilizados como uma nova ferramenta para a aprendizagem das crianças. “Nós temos que entender que o tablet sozinho não faz milagres, mas ele é uma grande ferramenta na sociedade hoje”, explica Professora Huguette. Além disso, ela ressalta a importância do desenvolvimento dos alunos, afinal conhecimento para mexer com os aparelhos eles já possuem. “O nosso intuito é desenvolver raciocínio lógico, habilidades e competências, além de utilizá-lo para a aprendizagem do inglês, que também já é uma realidade na nossa Rede”, reforça a secretária.

Segundo a pesquisa TIC Educação 2013, feita pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras,  apenas 11% das escolas públicas possuem tablets, e com a  iniciativa de implantar ferramentas digitais em sua Rede, Bragança Paulista entra nestes percentuais. Além dos alunos, cada professor receberá um notebook, para o preparo das aulas, e também serão instalados datashows interativos nas escolas. As aulas deverão ser preparadas de acordo com o perfil da turma, porém todas serão registradas em um banco de dados, permitindo a socialização do conteúdo apresentado. Para a professora Laís Helena Buzato Dantas Diniz, que leciona há 24 anos na Rede Municipal, a iniciativa é uma evolução na educação do município. “Vai ajudar muito na educação e no aprendizado dos alunos. Eu já venho trabalhando com eles em sala de aula na produção de apresentações, gráficos. Esse trabalho é fantástico.”

Os tablets entregues vêm tarjados com nome da Prefeitura e da Secretaria de Educação e, inicialmente, serão distribuídos aos alunos no período da aula e depois recolhidos, sendo guardados nas escolas. “A princípio, nós vamos mantê-los na escola, até por uma questão de segurança das crianças. Eu me preocupo com isto”, afirma a secretária de educação. Ela acrescentou ainda que só com o tempo saberão se esta é a melhor opção ou se os equipamentos podem ficar em posse das crianças. “É uma experiência que a gente vai ver se vai dar certo. Se der, a gente vai poder levar pra casa”, diz o primeiro aluno a receber o tablet, João Guilherme de Oliveira Gebin, de 10 anos, que acredita que o aparelho já é bom, pois vai ajudar em matérias como português, matemática e geografia.

Comentários

Comentários

Prefeitura e Câmara de São Paulo adotam medidas de redução do consumo de água

Tarifas de transporte público são reajustadas em Bragança Paulista