Home»REGIÃO»Capital»Sérgio Vaz para Lula: “A periferia vive hoje uma efervescência cultural”

Sérgio Vaz para Lula: “A periferia vive hoje uma efervescência cultural”

Em encontro em São Paulo, ex-presidente da República e membros da Cooperifa discutiram a importância dos saraus como marco de expressão cultural para poetas e escritores dos movimentos de periferia da capital paulista

Por Redação

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira (29), no Instituto Lula, em São Paulo, membros da Cooperifa, que consolidaram um dos movimentos culturais e sociais mais ativos e importantes das periferias de São Paulo, os saraus. O movimento existe há 14 anos e reúne declamações de poesias, exibições de filmes, entre outras atividades culturais na zona sul de São Paulo.

O poeta Sérgio Vaz, um dos fundadores do Cooperifa, ressaltou ao ex-presidente Lula que o foco do projeto é formar público e dar espaço de fala a quem antes não tinha. “A periferia vive hoje uma efervescência cultural”, enalteceu.

Os integrantes do movimento também explicaram a importância dos mais de 60 saraus que existem hoje na periferia de São Paulo, muitos deles inspirados no da Cooperifa, e destacaram o papel dos encontros na aproximação entre cultura e periferia. Lula ainda foi convidado para participar de uma edição do Sarau da Cooperifa e conhecer de perto a iniciativa.

Foto: Claudio Santos/ Instituto Lula

Comentários

Comentários

Alckmin quer alterar licença-maternidade de funcionárias públicas em estágio probatório

Sem violência policial, ato contra aumento da tarifa consegue chegar ao final