Home»Sem categoria»SP é o estado onde mais LGBTs foram assassinados em 2014, diz estudo

SP é o estado onde mais LGBTs foram assassinados em 2014, diz estudo

Segundo o Relatório Anual de Assassinatos de Homossexuais no Brasil, número de mortes no estado chegou a 50, enquanto na capital paulista foram registrados 16 assassinatos

Por Redação

O Grupo Gay da Bahia (GGB) divulgou o Relatório Anual de Assassinatos de Homossexuais no Brasil relativo a 2014. Ao todo, foram documentadas 326 mortes de gays, travestis e lésbicas no País, incluindo nove suicídios. Os dados representam um aumento de 4,1 % em relação ao ano anterior.

Em números absolutos, São Paulo foi o estado que mais registrou  pessoas da comunidade LGBT assassinadas, subindo de 29 em 2013, para 50 em 2014. No que diz respeito às capitais, São Paulo é onde ocorreram mais assassinatos: 16.

De acordo com o coordenador do banco de dados da pesquisa, Eduardo Michels, o estudo carece de informações, já que poucas Ongs LGBT brasileiras enviam dados referentes ao assunto. “A realidade deve certamente ultrapassar em muito tais estimativas, sobretudo nos últimos anos, quando policiais e delegados cada vez mais, sem provas e sem base teórica, descartam preconceituosamente a presença de homofobia em muitos desses “homocídios””, garantiu.

Confira aqui o levantamento na íntegra.

Foto: Agência Brasil

Comentários

Comentários

Mostra exibe realidade do presídio do Carandiru

"O policial me chamou e perguntou se eu queria dar a boceta pra ele. Doeu mais que a borrachada"