Home»Sem categoria»Após auditoria, Haddad pode cobrar redução da tarifa de ônibus

Após auditoria, Haddad pode cobrar redução da tarifa de ônibus

Com os números em mãos, o prefeito pode cobrar que a passagem seja reduzida – ou pelo menos evitar que seja majorada para R$ 3,40, como publicam os jornais – e cobrar que o sistema funciona em sua plenitude

Por Jornal GGN,

Uma auditoria contratada por Fernando Haddad (PT) apontou que o preço da passagem do transporte público pode ser reduzida a partir de uma nova licitação na cidade, programada ainda para este ano. O relatório do pente fino indica que a Prefeitura pode rever os custos pagos pelo serviço na cidade.

Com os números em mãos, Haddad pode cobrar que a passagem seja reduzida – ou pelo menos evitar que seja majorada para R$ 3,40, como publicam os jornais – e cobrar que o sistema funciona em sua plenitude. O estudo comprovou que de cada 10 viagens programadas, uma não é realizada, o que faz com que o usuário fique mais tempo esperando o ônibus, ou viajando apertado.

Mesmo reduzindo os custos totais do sistema ou a TIR (Taxa Interna de Retorno) a ser fixada na próxima licitação, ainda assim a tarifa de ônibus continuará sendo subsidiada.

Atualmente a proporção é de cerca de 20% subsídio, 80% tarifa.

A forma de equilibrar subsídio e tarifa é uma decisão política, que não estava no escopo da auditoria. Hoje em dia o subsídio pevisto é de R$ 1,4 bilhão no orçamento.

Comentários

Comentários

Sabesp: A campeã em falta de transparência

Haddad: “A mídia tradicional nos pauta com assuntos que não são importantes”