Home»Sem categoria»Rio e Minas cedem e São Paulo dará início a transposição do rio Jaguari

Rio e Minas cedem e São Paulo dará início a transposição do rio Jaguari

Com a falta de obras no setor hídrico e a escassez de água no Estado de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (SP) tenta compensar colapso do sistema Cantareira reivindicando o direito de transpor água da bacia do rio Paraíba do Sul

Após reunião, os governadores de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais assinaram acordo no STF que permite ao estado paulista iniciar o processo de contratação das obras para a transposição do rio Jaguari. A princípio, Luiz Fernando Pezão (RJ) e Alberto Pinto Coelho (MG) reclamaram da decisão porque a água do Jaguari abastece o Paraíba do Sul, usado por parte de São Paulo e pelos outros dois estados.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, entrou com uma ação no STF para barrar a decisão de São Paulo, mas o ministro responsável pela ação, Luiz Fux, convocou uma audiência de conciliação nesta quinta-feira (27) com a presença dos governadores dos três Estados, que fecharam o negócio.

No acordo firmado, os governadores concordaram em apresentar uma proposta conjunta para o uso da água do Jaguari por São Paulo até 28 de fevereiro de 2015. São Paulo ganhou o direito de iniciar as licitações para fazer as obras necessárias para a transposição, o que estava sub judice pela ação do procurador.

Cantareira

Segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), as chuvas desta semana elevaram o nível de cinco dos seis grandes sistemas. Apenas o Cantareira, que passa por grave crise, caiu de 9,2% para 9,1% de sua capacidade.

Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil

Comentários

Comentários

Segundo "SP Leste em Movimento" vai contar a história da região

Cat Power faz hoje show surpresa em estação de Metrô