Home»Sem categoria»São Paulo reconhece 4 áreas de quilombos

São Paulo reconhece 4 áreas de quilombos

As comunidades ficam em Eldorado, Iguape e Iporanga e, com o reconhecimento, passarão a ser beneficiadas com os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural

Por Redação 

O governo do estado de São Paulo reconhecerá 4 comunidades remanescentes do quilombo: a de Engenho e Abobral Margem Esquerda, ambas em Eldorado, Aldeia, em Iguape, e Bombas, em Iporanga. Juntas, as áreas concentram 86 famílias. O reconhecimento será formalizado neste domingo (16)  durante a  Feira Paulista de Assentamentos e Quilombos (Fepap), que acontece no Parque da Água Branca, zona oeste da capital. 

A notícia vem no mês em que é comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra. 

“O Governo de São Paulo tem se empenhado para reconhecer mais comunidades quilombolas no Estado. Um trabalho que representa o resgate da cultura tradicional”, explicou o diretor executivo da Fundação Instituto de Terras do Estado de S. Paulo (Itesp), Marco Pilla. 

Com o reconhecimento, as comunidades passam a contar com os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural, recebendo auxílio de agrônomos, veterinários, biólogos, técnicos agrícolas, economistas e assistentes sociais, além de obras de infraestrutura para fomentar a produção. Por meio do Programa Paulista da Agricultura de Interesse Social (PPAIS), os quilombolas podem comercializar alimentos para presídios, hospitais e escolas. 

Atualmente o estado de São Paulo possui 28 comunidades quilombolas reconhecidas onde vivem 1.039 famílias. 

Foto: Divulgação/Portal Brasil

Comentários

Comentários

ONU reafirma: Falta de água em SP é culpa do governo

Passeata anti-Dilma não tem nenhum político do PSDB