Home»Sem categoria»Passeata anti-Dilma não tem nenhum político do PSDB

Passeata anti-Dilma não tem nenhum político do PSDB

Com medo de ter a imagem do partido associada aos pedidos de intervenção militar, tucanos não compareceram ao ato deste sábado (15) na avenida Paulista; manifestantes, entre os gritos de guerra, rezaram a “Ave Maria”

Por Redação 

Cerca de 2 mil pessoas compareceram, na tarde deste sábado (15), em um ato na avenida Paulista que pedia o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o “fim da corrupção” e intervenção militar. A manifestação, no entanto, foi marcada pela divergência de ideias, uma vez que as pautas estavam divididas entre os manifestantes.

Um carro de som puxava gritos de guerra pedindo um golpe das forças armadas, enquanto o carro dos “Revoltados Online” afirmava ser contra a ideia.

O cantor Lobão, principal liderança da manifestação com as mesmas pautas que aconteceu no começo do mês, dessa vez não compareceu. Políticos do PSDB, principal partido de oposição à presidenta Dilma, também não estiveram presentes para que não tenham suas imagens associadas aos pedidos de golpe.

“Não é momento para pedir golpe militar”, afirmou o deputado eleito por São Paulo, Eduardo Bolsonaro (PSC). Na última manifestação, Bolsonaro estava armado.

Entre músicas e gritos de guerra contra o PT, os manifestantes cantaram o hino nacional e rezaram a “Ave Maria”

Foto: Oswaldo Corneti/Fotos Públicas

 

 

Comentários

Comentários

São Paulo reconhece 4 áreas de quilombos

Cai a máscara de Geraldo Alckmin