Home»Sem categoria»Casal gay é agredido por 15 homens no Metrô

Casal gay é agredido por 15 homens no Metrô

Na mesma semana em que completou quatro anos do caso de agressão aos jovens na Av.Paulista com lâmpadas fluorescentes, um casal gay foi vítima de preconceito dentro de um trem da Linha 1-Azul do Metrô de São Paulo

Por Redação

O metroviário Danilo Ferreira Putinato, de 21 anos, e o bancário Raphael Almeida Martins de Oliveira, 20, foram espancados por cerca de quinze homens porque trocavam carinhos em público, entre as estações Armênia e Luz, na noite do último domingo (09).

De acordo com as vítimas, eles receberem chutes e pontapés após não ceder aos pedidos dos agressores de sair do vagão. “Na hora eu chorei muito, me senti humilhado, mas agora estou melhor. Isso não me abalou e eu vou continuar lutando por um Brasil mais justo e convido todos a participar dessa luta”, escreveu Raphael em sua página no Facebook.

Eles receberam os primeiros-socorros de funcionários do Metrô e foram levados para a Santa Casa. O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia do Metropolitano (Delpom) e o caso deve ser investigado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). Não havia câmeras dentro do vagão, mas imagens do circuito de segurança das estações podem ajudar a identificar os agressores.

Comentários

Comentários

Tamires Gomes, da periferia ao Centro Acadêmico, via Prouni

Quer fechar sua rua para lazer?