Home»REGIÃO»ABCD»UFABC está entre as 18 melhores universidades do país

UFABC está entre as 18 melhores universidades do país

Lista internacional coordenada por instituição árabe utiliza critérios como pesquisas e premiações

Por ABCD Maior 

Prestes a completar oito anos em atividade, a UFABC (Universidade Federal do ABC) já coleciona bons indicadores no mundo acadêmico. Recentemente, a instituição foi incluída na lista divulgada pelo CWUR (Center for World University Rankings), da Arábia Saudita, entre as mil melhores universidades do mundo, aparecendo entre as 18 melhores instituições de ensino superior do Brasil. Publicação de pesquisas, premiações e pedidos de patentes internacionais foram alguns dos critérios utilizados para a compilação.

Em junho, a UFABC foi destaque em pesquisa realizada pelo CWTS (Centre for Science and Technology Studies) da Universidade de Leiden, Holanda, destinado a estudar a dinâmica da pesquisa científica e suas conexões com tecnologia, inovação e sociedade. No ano passado, ocupou o terceiro lugar na lista das universidades nacionais mais bem posicionadas no IGC (Índice Geral de Cursos) de educação superior elaborado pelo Inpe (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

O pró-reitor de pós-graduação da UFABC, Gustavo Dalpian, ressalta o bom desempenho da instituição nos mais diversos levantamentos educacionais. “São vários rankings e todos possuem  metodologias diferentes, com fatores diferentes de avaliação. O que chama a atenção é a consistência da avaliação da UFABC, que tem se saído bem de forma sistemática, independentemente dos critérios.”

Fatores

Para o pró-reitor, os resultados positivos são fruto de uma série de fatores, como os critérios estabelecidos para a contratação de professores. “É um reflexo da estratégia escolhida para a UFABC. Primeiro, de contratar somente professores doutores. Segundo, de incentivar que eles façam pesquisa cientifica”, enumerou. A instituição conta hoje com 525 docentes, 24 graduações interdisciplinares (11 bacharelados, oito engenharias e cinco licenciaturas), além de 21 cursos de pós-graduação, sendo 10 doutorados.

Pesquisas somam mais de 50 prêmios

Desde a primeira aula,  em 11 de setembro de 2006, a UFABC já publicou mais de mil artigos em revistas especializadas e ultrapassou a marca de 10 patentes depositadas no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual. Até o ano passado, a universidade somava mais de 50 prêmios conquistados por pesquisas de estudantes e professores.  “A produção cientifica na UFABC é muito sólida”, frisou Dalpian.

A UFABC possui campi em Santo André e São Bernardo. Há ainda a expectativa de unidade em Mauá. Hoje estão matriculados 9.100 estudantes nas graduações e mais de mil alunos na pós. A instituição utiliza o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) para seleção. Em janeiro, recebeu mais de 20 mil inscrições de candidatos a uma das 1.960 vagas disponíveis. Metade delas é destinada para estudantes oriundos da rede pública de ensino.

Comentários

Comentários

Falta d'água se espalha por SP

Não era bomba, era Nescau