Home»REGIÃO»Capital»Novo Plano Diretor: terrenos e prédios sem uso podem virar habitação social

Novo Plano Diretor: terrenos e prédios sem uso podem virar habitação social

Segundo o texto final, isso pode ocorrer em edifícios localizados nos bairros de Pinheiros, Perdizes e Vila Leopoldina

Por Redação, com informações de O Estado de S. Paulo

O Novo Plano Diretor de São Paulo, cuja aprovação na Câmara Municipal está prevista para a próxima semana, traz a possibilidade de que terrenos e edifícios abandonados sejam desapropriados e transformados em habitações sociais. Segundo o texto final, isso pode ocorrer em prédios nas ruas ruas Teodoro Sampaio, Bauman e Coronel José Eduardo, em Pinheiros, Vila Leopoldina e Perdizes, respectivamente.

O Plano Diretor também dispõe sobre favelas já consolidadas em bairros de classe média alta, a exemplo das localizadas nas ruas Doutor Mário Cardim e Doutora Neide Aparecida Sollito, na Vila Mariana, zona sul. Elas devem ser alvo de programas de reurbanização.

A intenção de elevar e melhorar a condição de moradias populares na cidade, inclusive em áreas consideradas nobres, também é uma das prioridades da gestão do prefeito Fernando Haddad (PT). O objetivo é, só neste ano, investir cerca de 220 milhões de reais em desapropriações de imóveis obsoletos no centro. Outra projeção é reformar 41 prédios até 2016, muitos dos quais já são ocupados por movimentos de moradia.

 

Foto de capa: Marcos Santos/USP Imagens

Comentários

Comentários

Meirelles aceita entrar na chapa de Skaf

Volume útil do Sistema Cantareira pode chegar a zero antes do fim da Copa