Home»Sem categoria»Itaquera: Quer ir pra casa? Só com autorização da FIFA

Itaquera: Quer ir pra casa? Só com autorização da FIFA

A entidade definiu um perímetro de segurança nos arredores da Arena Corinthians e, quem mora na região, precisará de autorização para circular no próprio bairro 

Da Redação 

Quem mora perto da Arena Corinthians, em Itaquera, zona leste da capital, já começou a ser cadastrado pela CET para entrar no próprio bairro. Isso por que a FIFA delimitou um perímetro de segurança próximo ao estádio e só os moradores cadastrados e com um adesivo no carro poderão entrar nas ruas que fazem parte do perímetro, ainda que seja sua própria residência.

São, ao todo, 130 imóveis que serão cadastrados. O procedimento começou na última segunda-feira (26) e envolve casas e comércios da Avenida do Contorno e das Ruas Doutor Luís Ayres e Manoel Ribas.

O adesivo do cadastro, com as inscrições “Autorização de Acesso ao Morador”, já será obrigatório a partir do próximo domingo (1º), quando ocorre o jogo de teste para a Copa, entre Corinthians e Botafogo.

Além da autorização, o acesso às ruas que fazem parte do bloqueio da FIFA passarão por alterações, conforme explica a CET: “Os moradores residentes na Rua Dr. Luis Ayres, no trecho entre o Túnel Águia de Haia e a Rua Maria Eugenia Celso, farão o acesso às residências apenas no ponto de bloqueio da Rua Peixoto Werneck. Já os moradores residentes na Avenida do Contorno (a partir do numeral 208) e na Rua Manoel Ribas, entre a Avenida do Contorno e Rua Paulo Frontim, deverão acessar suas casas pela Rua Padre Viegas de Menezes e Avenida do Contorno. A saída deverá ser feita pela Rua Manoel Ribas, depois à esquerda na Rua Nova Petrópolis até chegar à Avenida Campanella.”

A Companhia de Engenharia de Tráfego informa que “durante todas as partidas do mundial, só poderão adentrar os bloqueios os veículos que tiverem o adesivo de acesso ao morador”.

Comentários

Comentários

Por feriado na Copa, comerciários se mobilizam nesta sexta

Alckmin rejeita "catraca livre" e prova que só se importa com o lucro