Home»REGIÃO»Capital»Ana Estela lança a plataforma São Paulo Carinhosa

Ana Estela lança a plataforma São Paulo Carinhosa

A primeira-dama é a coordenadora do programa que atende crianças de até 6 anos

Por Isadora Otoni

Foi lançada nesta quarta-feira (23) a plataforma digital São Paulo Carinhosa, que integra o programa de assistência a crianças da primeira infância. O evento de lançamento foi realizado na Praça das Artes e contou com a presença do prefeito Fernando Haddad (PT), a coordenadora do programa e primeira-dama, Ana Estela Haddad, além de representantes das 14 secretarias do governo.

O site lançado tem como principal função divulgar ações voltadas para crianças, desde a gestação até os seis anos. A plataforma é dividida em páginas como Notícias, Estudos, Rede São Paulo Carinhosa, que divulga serviços, Espaço das Crianças, que dialoga direto com o público infantil, e o Blog, feito de forma colaborativa. O principal objetivo é atingir a população e os territórios mais vulneráveis, para garantir educação, saúde, diversão e assistência às crianças.

“O espaço não é só para divulgar ações da Prefeitura, mas para ser usado como referência”, contou Ana Estela. Ela explicou que a São Paulo Carinhosa está sendo elaborada com a ajuda de um indicador de vulnerabilidade. A secretária municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão, Leda Maria Paulani, ressaltou o esforço da primeira-dama frente ao projeto: “Conheço a Ana Estela há mais de duas décadas e sei que ela não poderia fazer algo com mais competência”.

Fernando Haddad também não poupou os elogios à esposa. O prefeito ainda destacou a importância de um programa que integre todas as assistências necessárias para crianças da primeira infância. “Quando o transporte público melhora, a mãe chega mais cedo em casa e pode ter mais tempo para o filho. Sem a aprovação automática, o filho estuda mais para passar de ano. Tudo isso está interligado”.

A Prodam (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo) foi responsável por desenvolver o site. A arquitetura da plataforma é simples, para facilitar a navegação. Um dos desafios do programa é conseguir que as classes mais baixas usufruam do serviço, visto que são essas que possuem acesso limitado à internet. Os desenvolvedores do projeto, no entanto, não abordaram a dificuldade durante a cerimônia.

Haddad lembrou que São Paulo atende 50% das crianças de 0 a 3 anos. Segundo o prefeito, a média dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) é de apenas 30%. Mesmo que a cidade seja avançada nesse sentido, ainda tem muito a alcançar. “Temos que olhar para todos, mas dar uma atenção especial para a infância paulistana”, declarou ele. “Trabalhar com a primeira infância é muito complexo, e a Ana Estela encarou esse desafio”.

(Créditos da foto da capa:  Fábio Arentes/SECOM)

Comentários

Comentários

Comissão aprova Plano Diretor de SP após manifestação

Sabesp dá calote em municípios e é punida