Home»Sem categoria»Delegado do Deic suspeito de enriquecimento ilícito

Delegado do Deic suspeito de enriquecimento ilícito

MPE investiga delegado Fabio Pinheiro Lopes por patrimônio incompatível com sua renda

Por Redação

O delegado do Deic (Departamento Estadual de Investigação Criminal) Fabio Pinheiro Lopes está sob investigação do Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE), suspeito de enriquecimento ilícito. A promotoria aponta patrimônio incompatível com sua renda (R$ 8 mil, segundo a Secretaria de Segurança Pública).

De acordo com o MPE, Lopes teria um automóvel Camaro, avaliado em R$ 172 mil; relógios que somariam R$ 162 mil e sociedade em glebas rurais de 95 alqueires e que teria recebido nos últimos meses R$ 485 mil, além de uma casa de R$ 1,2 milhão.

Para o MPE, o delegado pode ter alcançado tamanho patrimônio com a prestação de serviços de segurança privada dentro da Delegacia de Roubo a Bancos. As investigações apontas que bancos podem ter pago a Lopes para obter atendimento preferencial no Deic, de forma que agentes dariam prioridade para resolver os crimes em agências cobertas pela assessoria particular e até monitorariam quadrilhas para impedir assaltos.

No começo do mês, o MPE obteve na Justiça autorização para quebra dos sigilos bancário e fiscal do delegado. As informações colhidas pelos promotores vão a inquérito civil em que Lopes é investigado sob suspeita de improbidade administrativa. Nem o delegado nem o Deic manifestaram-se a respeito do assunto. (As informações são de O Estado de S. Paulo)

(Crédito da foto da capa: Lucas Lima) 

Comentários

Comentários

Último júri do Carandiru hoje; julgamento pode ir à OEA

Seca em SP: Cantareira: 13,4%; Alto Tietê: 37,3%