Home»Sem categoria»Doente mental é baleado por policiais no interior de São Paulo

Doente mental é baleado por policiais no interior de São Paulo

A vítima, que sofre de esquizofrenia, está internada em estado grave na UTI após ser atingido por seis tiros, um deles quando já estava caído

Da Redação

Secretaria de Segurança Pública instaurou inquérito para investigar a conduta dos PMs. (Foto: Agência Brasil)
Secretaria de Segurança Pública instaurou inquérito para investigar a conduta dos PMs. (Foto: Agência Brasil)

Na noite do último sábado (01), um homem que sofre de esquizofrenia foi baleado durante uma abordagem da polícia militar, no bairro de Rechã, em Itapetininga.

Thiago Guimarães Proença, de 31 anos, teve uma crise nervosa e saiu para a rua, após discutir com os pais. Assustados, vizinhos acionaram a Polícia Militar.

Quando chegaram, os policiais foram alvo de Proença, que os teria atacado com uma bengala. Os PM’s dispararam 6 tiros contra o homem.

De acordo com o irmão da vítima, Lucas Guimarães de Proença, um dos tiros teriam sido disparados quando Proença já estava caído. Os disparos atingiram sua boca, pescoço, braço e barriga. A PM afirma que os policiais agiram em legitima defesa.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo informou que abriu um inquérito para apurar a conduta dos policiais, como é feito em todos os casos do tipo.  A Polícia Civil afirmou que também investigará o caso.

A família, indignada com a atitude da polícia, procurou o Ministério Público Estadual para pedir apuração do ocorrido.

Thiago Guimarães Proença permanece internado em estado grave na UTI do Hospital Regional da cidade.

Comentários

Comentários

Museu oferece oficina gratuita com cantora Céu

Metrô perde R$ 800 milhões com superfaturamento