Home»REGIÃO»Capital»Haddad quer criar empresa municipal de ônibus

Haddad quer criar empresa municipal de ônibus

Prefeito pretende estatizar uma das oito áreas de ônibus de SP 

Da Redação

Segundo Haddad, empresa estatal fundamentaria o poder público municipal nas negociações com as empresas privadas (Foto: Wikimedia Commons)

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciou nesta quinta-feira, 5, que pretende estatizar uma das oito áreas nas quais operam as empresas de ônibus na capital paulista.

Nesta área, o serviço de ônibus seria prestado pro uma empresa municipal pública, tal como acontecia na época em que operava na cidade a Companhia Paulista de Transportes Coletivos (CMTC). Haddad já se reuniu com representantes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para analisar a viabilidade técnica do projeto.

O prefeito afirmou que todas as oito áreas de ônibus são lucrativas e que a criação de uma empresa municipal de ônibus facilitará a discussão dos custos de operação alegados pelas empresas privadas do transporte público.  “Você ter uma empresa que opera parte do sistema para regulá-lo é um expediente inteligente para não manter o poder público refém do setor privado”, disse.

Haddad defende que a empresa seria “enxuta” e que, além de ser responsável por operar uma das áreas de ônibus de São Paulo, ela poderia ser utilizada também em situações de emergência como, por exemplo, greves de funcionários das empresas privadas.

A área de ônibus com maior chance de ser estatizada é a Área 4, localizada na zona leste. A empresa Itaquera Brasil, que faz parte do consórcio Leste 4, é considerada a que oferece o pior serviço aos usuários, com nota 46,09 no IQT (índice de Qualidade de Transporte), apurado pela SPTrans (São Paulo Transporte). A média de todas as empresas que operam na cidade é de 66,1.

Com informações do jornal O Estado de S.Paulo. 

Comentários

Comentários

Allan da Rosa lança livro sobre educação popular nas periferias de SP

São Paulo vai colocar 140 linhas de ônibus nas ruas de madrugada