Home»Sem categoria»SP: Índices de violência continuam subindo

SP: Índices de violência continuam subindo

Latrocínios tiveram alta de 55%, estupros de 20,8% e homicídios subiram 13,8%

Por Igor Carvalho

Grella anunciou os números de violência em São Paulo (Foto: Marcelo Camargo/ABr)

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgou, na última sexta-feira (24), os dados sobre violência na capital paulista no mês de abril. Os números alertam para um aumento de 55% de latrocínios, em relação ao mesmo período de 2012.

Em abril de 2013, 14 pessoas morreram após serem assaltadas, já no mesmo mês, mas no passado, haviam sido nove. “Na verdade, ao que se deve o aumento dos latrocínios? Veja esse é um fator que o crime tem sazonalidades. Então você combate às vezes uma modalidade, outra modalidade se coloca. Isso não existe uma explicação”, afirmou, em entrevista coletiva, o secretario de Segurança Pública, Fernando Grella.

O secretario ressaltou que a segurança precisa ser focada na modalidade, porque a morte ocorre pois “o roubo deu errado”, uma das estratégias é deslocar a estrutura que será investigada para outro órgão. “O combate ao latrocínio vai ser reforçado com a mudança estrutural feita nessa semana com a transferência desse crime para o Deic. Quando esclarecemos e combatemos o roubo, combatemos o latrocínio.”

Estupros

Os estupros continuam aumentando em São Paulo. Se contabilizado os quatro primeiros meses de2013, os números são os maiores dos últimos três anos. De janeiro até abril, foram 1113 casos, somente na capital paulista,  que revela o maior índice em três anos. A alta é de 20,8% em relação ao primeiro quadrimestre de 2012, e 36,7% sobre 2011.

Para Grella, três fatores impulsionaram a alta de estupros: O aumento de denúncias por parte das mulheres, envolvimento com drogas (o secretário não especificou este item) e a mudança na lei que transforma em estupro qualquer atentado violento ao pudor.  O mês de abril de 2013 teve 246 casos de estupros, contra 233 de 2012, na capital. 

Homicídios

Assim como os demais quesitos analisados no mapa da violência, os homicídios também aumentaram. Na análise do primeiro quadrimestre de 2013, os números mostram que o estado já chegou aos 1.552 assassinatos, superando em 13,8% os dados de 2012, e 27% acima do índice de 2013.

Ao menos, o mês de abril apresentou uma queda em relação ao mesmo período de 2012. Em 2013, foram 95 casos, contra 103 no passado.  Uma queda de 7,8%.

Comentários

Comentários

Marcha das Vadias ganha as ruas de São Paulo

Registrada primeira internação compulsória de usuário de droga