Home»Sem categoria»Trabalhadores da Saúde entram em greve a partir de 1º de maio

Trabalhadores da Saúde entram em greve a partir de 1º de maio

Após ausência do governo de São Paulo nas negociações, servidores decidem parar

Por Igor Carvalho

Greve foi decidida em assembleia geral no dia 19 de abril (Foto: Sindisaúde-SP)

O Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (Sindsaúde-SP) confirmou que os servidores paulistas entram em greve por tempo indeterminado no dia 1º de maio.

A paralisação deve durar até dia 10 de maio, quando uma assembleia geral decidirá sobre a continuidade ou não da greve. Os servidores alegam que o governo de São Paulo não respeitou a data-base para o reajuste salarial, que seria dia 1º de março.

Segundo o sindicato, o governo de Geraldo Alckmin (PSDB) não apresentou nenhuma proposta de aumento para a categoria e nem iniciou as negociações sobre as reivindicações dos servidores.

Outras reivindicações dos trabalhadores estaduais da saúde são: reposição de perdas salariais de 32,2%; vale refeição de R$ 26,22; garantia de que os prêmios de incentivo para a classe sejam iguais em todos os níveis.

Leia também:

Professores da rede estadual entram em greve em São Paulo

Comentários

Comentários

Jô Soares detona a Globo e ajuda você a entender o que é o BV

Documentário conta história de luta pela reabertura do Cine Belas Artes