Home»REGIÃO»Capital»Estado de São Paulo registra aumento de 15% no número de homicídios dolosos em relação a 2012

Estado de São Paulo registra aumento de 15% no número de homicídios dolosos em relação a 2012

Dados da Secretaria de Segurança Pública também apontam que casos de latrocínio dobraram na capital paulista no primeiro bimestre 

Da Redação 

Crimes contra a vida registram aumento no primeiro bimestre de 2013 em São Paulo (Foto: CC / Serjão Carvalho)

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira, 25, pela Secretaria de Segurança Pública, o estado de São Paulo registrou um aumento de 15% no número de homicídios dolosos no primeiro bimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Nos dois primeiros meses deste ano foram registrados 787 homicídios dolosos, contra 684 no mesmo período de 2012. Por outro lado, na comparação entre os meses de janeiro e fevereiro de 2013, houve uma redução nos registros deste tipo de crime. Em janeiro foram registrados 416 casos, contra 371 em fevereiro.

Outra modalidade de crime que teve aumento foram os estupros. No primeiro bimestre de 2012 foram registradas 1.975 ocorrências. Já no mesmo período de 2013, foram 2.195 casos registrados. Um aumento de 11,13%. Na comparação entre os meses de fevereiro e janeiro de 2013, houve uma redução neste tipo de crime. Em janeiro foram registrados 1.138 casos de estupro , contra 1.057 em fevereiro.

Os registros de tráfico de entorpecentes também tiveram aumento, tanto na comparação mensal, quanto na anual. Entre janeiro e fevereiro deste ano, as ocorrências passaram de 3.894 para 4.015, um aumento de 3,1%. Em relação aos dois primeiros meses do ano passado, quando foram registradas 6.798 ocorrências, a taxa cresceu 16,49% em 2013, passando para 7.909 casos registrados.

Embora o número de casos de latrocínio (roubo seguido de morte) tenha se mantido praticamente estável na comparação entre janeiro e fevereiro, passando de 34 em janeiro para 33 em fevereiro, na comparação entre o primeiro bimestre de 2012 e 2013 houve um aumento significativo. No primeiro bimestre de 2012 foram registrados 49 casos de roubo seguido de morte. Já em 2013, esse número pulou para 67 casos.

Latrocínios dobram na capital

O número de vítimas de latrocínios na capital paulista dobrou no primeiro bimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo os dados da SSP, foram 30 mortos nos dois primeiros meses de 2013, contra 15 no mesmo período de 2012.

Com informações da Rede Brasil Atual

Comentários

Comentários

Haddad cria programa de qualificação profissional para a população de rua

Ato da Jornada Nacional de Lutas da Juventude cobra ampliação da política de cotas nas universidades paulistas