Home»REGIÃO»Capital»Haddad anuncia secretários da Educação e Subprefeituras, na segunda (26)

Haddad anuncia secretários da Educação e Subprefeituras, na segunda (26)

Além de Cleuza Repulho, na Educação, e Chico Macena, nas Subprefeituras, Desenvolvimento será fundida com Microempreendedor Individual e comandada por Eliseu Gabriel

Da Rede Brasil Atual (CX)

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), deve anunciar na segunda-feira (26) mais três integrantes de seu governo. Para a Secretaria de Educação, Cleuza Rodrigues Repulho; para as Subprefeituras, o vereador Chico Macena (PT). Uma nova pasta que será criada com a fusão de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho com a Secretaria Especial do Microempreendedor Individual deverá ser comandada pelo vereador Eliseu Gabriel (PSB).

O também vereador Netinho de Paula (PCdoB) é cotado para assumir a Secretaria de Esportes e o PP deve ficar com a Secretaria de Habitação. PP, PCdoB e PSB formaram com o PT a coligação que elegeu Haddad e, com as nomeações, ficam contemplados com a participação no primeiro escalão. Outro nome que aparece como cotado para assumir um cargo é o do filósofo Vladimir Safatle para a Secretaria de Cultura.

Cleuza Repulho, que já trabalhou com Haddad no Ministério da Educação (MEC), atualmente comanda a pasta na prefeitura de São Bernardo do Campo, berço político do PT e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), cidade governada por Luiz Marinho (PT), reeleito para mais um mandato. Ela também já foi secretária de Educação em Santo André durante a administração de João Avamileno (PT), onde responde a um processo que investiga denúncia de desvio de verbas.

Após o convite feito por Haddad, a secretária esperava a volta de Marinho de uma viagem de férias para formalizar, pessoalmente, sua saída da equipe do prefeito de São Bernardo, o que a deixou de fora do anúncio feito na semana passada dos novos secretários dos Transportes, Jilmar Tatto, e da Saúde, José de Filippi Júnior.

O vereador Eliseu Gabriel confirma ter recebido o convite para assumir uma vaga no secetariado de Haddad, mas diz que ainda não bateu o martelo sobre a troca de sua vaga no Legislativo por um gabinete em um dos prédios do Executivo municipal. Netinho de Paula, ainda mais arisco que seu colega na Câmara, diz que não recebeu convite formal por parte do novo prefeito. Chico Macena, que foi tesoureiro da campanha eleitoral de Haddad e não conseguiu se reeleger, alega que sua preocupação no momento é fechar as contas da campanha, que está no vermelho com um passivo de R$ 25 milhões.

Mesmo sem apresentar um nome para a Secretaria de Habitação, o PP já enfrenta resistência da Frente de Lutas por Moradia (FLM). Além da secretaria, o partido também negocia a indicação para a presidência da Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab). Em um manifesto divulgado em sua página na internet na segunda-feira (19), a FLM acusa o PP, partido de Paulo Maluf, de perseguição e criminalização aos movimentos sociais e populares na cidade. Segundo o documento, Maluf e o PP também são acusados de promover despejos e remoções e da paralisação dos programas de mutirões e habitação popular e da falta de políticas habitacionais para este público em áreas centrais da cidade.

Haddad, que atualmente está em viagem a Paris, deve voltar na sexta-feira e, na próxima segunda, retoma os anúncios dos nomes que vão formar sua equipe a partir de 1º de janeiro. Ele viajou para a capital francesa com o atual prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), para acompanhar a escolha da cidade que vai sediar a Expo 2020, exposição mundial de projetos urbanos. A capital paulista se candidatou para receber o evento.

Comentários

Comentários

Defensoria Pública e CNPq firmam convênio com Faculdade Zumbi dos Palmares

Ilú Obá De Min realiza 8ª Festival de Arte Negra "Heranças Africanas" - 25/11 às 14h