Home»REGIÃO»Capital»Sarau da Cooperifa comemora 11 anos de poesia e resistência na periferia

Sarau da Cooperifa comemora 11 anos de poesia e resistência na periferia

Na zona sul, poetas e comunidade se reúnem todas as quartas-feiras no Bar do Zé Batidão

Por Adriana Delorenzo

“Aqui, o silêncio é uma prece.” Esta frase é dita há mais de uma década por Sérgio Vaz e marca o início do Sarau da Cooperifa. Depois dela, só se ouvem os versos dos poetas no Bar do Zé Batidão. O silêncio é respeitado. O ritual acontece todas as quartas-feiras à noite, no Jardim Guarujá, região do Capão Redondo. Periferia de São Paulo.

Nesta quarta (24), às 20h30, o Sarau da Cooperifa tem um motivo a mais para brilhar. A Cooperifa comemora 11 anos. Como diz Sérgio Vaz, criador do sarau, “é festa na quebrada” e haverá “surpresas mil”.

E a partir do dia 3/11, acontece a 5ª Mostra Cultural da Cooperifa, que terá a participação do escritor moçambicano Mia Couto, entre muitas outras atrações. Confira a programação e confirme sua presença na página do evento no Facebook.

Veja também:

Cooperifa promove “ajoelhaço” em homenagem às mulheres

TV Fórum debate cultura na periferia. Assista à íntegra aqui

Sérgio Vaz: orgulho de ser da periferia

Comentários

Comentários

"Casarão da ditadura" pode abrigar unidade da Polícia Federal

Em ato da saúde, Haddad diz que não teme debate sobre gestão da saúde