Home»REGIÃO»Capital»TV Globo cancela debate entre candidatos à Prefeitura de São Paulo

TV Globo cancela debate entre candidatos à Prefeitura de São Paulo

Cancelamento ocorreu após liminar garantir a participação de Levy Fidelix no debate

Da Redação

Levy Fidelix garantiu na justiça o direito de participar do debate da TV Globo (Foto: Divulgação)

A TV Globo informou que não irá mais realizar o debate entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo, programado para acontecer na noite da próxima quinta-feira (4).

A emissora decidiu cancelar o encontro após o candidato Levy Fidelix (PRTB) conseguir uma decisão liminar na Justiça Eleitoral que garante a sua participação, e do candidato Carlos Giannazi (PSOL), no debate.  A TV Globo optou pelo cancelamento por não haver “tempo hábil para garantir sua realização na Justiça”, nos moldes pretendidos pela emissora.

A legislação eleitoral exige que as emissoras convidem todos os candidatos que possuam representatividade na Câmara dos Deputados, para a realização de debates. A Rede Globo tentava um acordo com os candidatos para limitar o número de participantes aos 6 candidatos mais bem colocados nas pesquisas.

“A emissora acredita que seis é o número máximo de participantes para a realização de um debate produtivo e, em São Paulo, não houve acordo entre os candidatos. Esta definição será respeitada por todas emissoras e afiliadas da Rede Globo no Brasil”, afirmou a TV Globo por meio de nota.

Debates cancelados

O debate cancelado pela TV Globo foi o terceiro encontro entre candidatos à Prefeitura de São Paulo cancelado neste primeiro turno das eleições municipais.

O primeiro evento cancelado foi o debate da Folha de S.Paulo / UOL. O encontro, que teria um formato inovador. O responsável pelo cancelamento foi o candidato do PRB, Celso Russomanno, que não aceitou o convite e não apresentou nenhuma justificativa. Diante da recusa de Russomanno, os candidatos José Serra (PSDB) e Fernando Haddad afirmaram que só estariam presentes no encontro se o líder nas pesquisas de intenção de voto também participasse.

Outro encontro entre os candidatos cancelado foi o debate da TV Record, programado para ter ocorrido no último dia 1. Russomanno informou que não participaria, pois na mesma data estava previsto o nascimento do seu filho. Já o candidato José Serra afirmou que não respondeu ao convite da Record por já ter sido informado da ausência de Russomanno. A TV Record informou que a ausência de dois dos principais candidatos prejudicaria a dinâmica do programa, que deixaria de cumprir a função de informar o eleitor e discutir democraticamente ideias para a cidade.

Com o cancelamento de três debates programados para o primeiro turno, o eleitor paulistano só teve a oportunidade de assistir ao embate de propostas para a cidade de São Paulo no debate da TV Bandeirantes, da TV Gazeta, da Rede TV!/Folha de S. Paulo e TV Cultura/YouTube.

Comentários

Comentários

Intelectuais e artistas fazem ato pró-Haddad

Metroviários podem entrar em greve na próxima quinta-feira (4)