Home»REGIÃO»Capital»Infográfico explica quem são os coronéis no comando de São Paulo

Infográfico explica quem são os coronéis no comando de São Paulo

Kassab entregou cargos de subprefeitos e chefes de gabinete para oficiais reformados da PM

Da Redação

Na imagem, Kassab celebra ampliação de convênio com a PM para tirar ambulantes da região de 5 subprefeituras, em 2010 (Foto: Ricardo Fonseca/Secom)

A Agência Pública de reportagem e jornalismo investigativo produziu um infográfico que demonstra a militarização da cidade de São Paulo a partir do comando das subprefeituras. Desde 2009, a gestão do prefeito Gilberto Kassab entregou o comando de 30, das 31 subprefeituras, a oficiais reformados da Polícia Militar.

Além dos subprefeitos, a maior parte dos chefes de gabinete das subprefeituras também são oficiais da PM. Os militares também estão na direção do DTP (Departamento de Transportes Públicos), do DSV (Departamento de Operação do Sistema Viário) e se fazem presentes na Defesa Civil, na CET (Companhia de Engenharia e Tráfego), na Secretaria de Transportes e no Serviço Funerário.

Em entrevista ao jornal Brasil de Fato, o analista criminal e especialista em segurança pública, Guaracy Mingardi, criticou o modelo de militarização da administração pública praticado pelo prefeito Gilberto Kassab e o considerou “uma tentativa errada de fazer funcionar a máquina pública”. “Na verdade, o que acontece, é que partiram do princípio que o coronel sabe mandar, o que é uma bobagem. Mandar numa estrutura militar e numa estrutura civil são coisas diferentes. O que precisava nessas administrações regionais, por exemplo, era ter ou bons administradores ou sujeitos que possuam traquejo político, e os coronéis não tem nem uma nem outra coisa. Eles foram escolhidos, não porque eram bons, mas por serem coronéis. Esse é o erro. Foram escolhidos porque tinham determinado cargo. Jogaram muita coisa na mão deles e muitos não têm a capacidade administrativa na área civil, muito menos traquejo político”, afirmou Mingardi.

Veja no infográfico quem são os oficiais reformados da PM que estão no comando das subprefeituras e quanto ganha cada um deles.

Comentários

Comentários

  • Silas

    Não é o princípio de que coronel ‘sabe mandar’, é saudades da ditadura mesmo. É ceder o poder a quem só fez mal ao país. Não se surpreendam se outros prefeitos e governadores seguirem a escola serra-kassabista, preparando o terreno para um novo golpe.

  • Silas

    O mais irônico disso é que policial militar não pode votar, então porque pode assumir cargos públicos, se candidatar nas eleições, etc?

Iniciativas procuram pensar os bairros a partir de seus cidadãos

Famílias expulsas de ocupação permanecem acampadas na rua